sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Adotados na Família de Deus

"[...] mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: 'Aba, Pai'" (Romanos 8:15)

Quando eu estava em Israel há alguns anos, vi um menino israelense perseguindo seu pai, gritando: "Abba! Abba! Abba!" Eu sabia o que aquilo significava. Era o mesmo que se ver uma criança de nosso país perseguindo seu pai dizendo: "Papai! Papai! Papai!". "Abba" é uma palavra hebraica que fala de afeto e intimidade entre um pai e uma criança.

Deus não apenas nos perdoou, justificou e nos deu livre acesso à Sua presença. Ele também nos adotou em Sua família. A Bíblia nos diz:
Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da lei, a fim de redimir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a adoção de filhos. E, porque vocês são filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho aos seus corações, o qual clama: "Aba, Pai". Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro. (Gálatas 4:4-7)

Eu posso temer a um Deus que tem o poder e o desejo de me perdoar e colocar a Sua justiça na minha conta. Mas na nossa adoção Deus vai mais além. Ele diz: "Não fique aí parado me temendo, venha para perto de mim." A adoção fala de uma relação estreita. Deus diz: "Eu quero você como meu filho. Eu quero você como minha filha."

É incrível pensar em aproximar-se do Deus Todo-Poderoso dizendo: "Abba". Mas veja, Deus diz: "Eu quero que você chegue perto.” E a partir de agora, você tem um novo relacionamento. Você é parte da família de Deus para sempre, por causa de sua fé em Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário