segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Nenhum Outro Nome

"Não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos" (Atos 4:12)

Nos tempos conturbados em que vivemos, é tão tentador menosprezar a questão da crença e dizer algo como: "Todos adoramos ao mesmo Deus. Você pode escolher o seu caminho. Eu escolhi o meu. O meu é Cristo, mas se você quer adorar de alguma outra forma, tudo bem." Mas não está tudo bem. E você não pode dizer isso se for um verdadeiro cristão.

Você e eu temos que acreditar que Jesus é o único caminho para Deus. Porque dentre todos os gurus, profetas e líderes religiosos que já existiram, nenhum deles era Deus. Portanto, nenhum deles poderia nos colocar em contato com Deus. Mesmo que eles tivessem sido crucificados em uma cruz, isso não teria importância. Jesus, que era Deus, era o único que poderia preencher a lacuna e ele ainda derramou Seu sangue em nosso lugar. O próprio Jesus disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim" (João 14:6). Portanto, para apresentar adequadamente a Sua mensagem, não podemos deixar isso de lado.

O apóstolo Pedro transmitiu esta ideia quando disse: "Não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos" (Atos 4:12). O apóstolo Paulo disse a mesma coisa: "Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus" (1 Timóteo 2:5).

Se eu disser isso às pessoas, talvez elas se ofendam. Mas talvez acreditem. Quem sou eu para editar o evangelho? Quem sou eu para dizer: "Senhor, precisamos atualizar essa coisa toda para o século XXI." Precisamos transmitir a mensagem do evangelho e não mudá-la, nem sequer uma vírgula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário