quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Encontrando Satisfação

"porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro." (Filipenses 1:21)

Não é verdade que Deus precisa de nós, mas é verdade que Ele quer ter comunhão conosco e nos ama. Deus é intensamente interessado em nossas vidas. Os pensamentos de Deus para conosco são inúmeros (veja Salmos 40:5, Salmos 139:17-18). Ele nos ama profunda e carinhosamente, além da nossa compreensão.

O profeta Jeremias nos diz: "'Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês', diz o Senhor, 'planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.'" (Jeremias 29:11). Deus pensa em você o tempo todo. Ele ama você, tem um plano e um propósito para sua vida.

Se cumprirmos o objetivo principal para o qual Deus nos criou, "de quebra" encontraremos o que a maioria de nós procura na vida: felicidade, satisfação e propósito. Encontramos essas coisas não buscando elas, mas buscando ao Deus que nos criou (ver Mateus 6:33). Conforme entramos em harmonia com o propósito de Deus para nós, todo o resto vai para os eixos.

É por isso que tantas pessoas que buscam felicidade ou satisfação, que tentam se encontrar, ainda vivem vidas fúteis e vazias. Elas não descobriram a razão pela qual Deus as colocou neste mundo: para conhecê-Lo e andar com Ele. Quando percebemos que Deus nos criou e começamos a tentar cumprir Seu propósito, então começamos a experimentar uma alegria e satisfação no Senhor que nunca tivemos antes.

Eu lhe pergunto, você está cumprindo a finalidade para a qual Deus o criou? O apóstolo Paulo resumiu o que sua vida era em termos do que deveria ser o lema para todos os cristãos: "Para mim, o viver é Cristo e o morrer é lucro" (Filipenses 1:21). Esse é o meu propósito na vida. É também o seu?
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário