segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Um Exemplo a ser Seguido

"Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados." (Hebreus 2:18)

Embora fosse Deus, Jesus experimentou limitações humanas como nós. Ele não só tinha fome, sono, ficava cansado e se sentia solitário, mas também foi tentado. Jesus sentiu a presença e a pressão da tentação tal como nós a sentimos. Ele não tinha uma natureza pecaminosa, mas experimentou a tentação.

Mas por que é importante estarmos cientes de que Jesus foi tentado? Porque assim sabemos que seguimos um Deus que entende nossas dificuldades. Como o apóstolo Paulo escreveu: "Por essa razão era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e fiel com relação a Deus e fazer propiciação pelos pecados do povo." (Hebreus 2:17)

Jesus também nos deixou um exemplo a ser seguido sobre como enfrentar a tentação. Ele esteve em situações que nós também podemos estar. É importante notar que Jesus não se encontrou com Satanás utilizando seu poder sobrenatural. Ele poderia ter dito: "Eu não quero perder meu tempo com você agora. Tenho outras coisas para fazer." E poderia ter simplesmente desaparecido. Ele poderia ter chamado os anjos para intervir. Ele poderia até mesmo ter vencido Satanás por causa da Sua clara autoridade sobre ele. Em vez disso, Ele se encontrou com o diabo munido da Palavra escrita. Ele respondeu a todas as tentações com as Escrituras (veja Lucas 4:1-13).

Portanto, quando for tentado, você precisa ter as Escrituras guardadas na mente e no coração para poder desviar dos golpes do diabo. Quando você tiver gravado as Escrituras, quando elas estiverem enraizadas na sua memória, estarão disponíveis para serem utilizadas nos momentos de tentação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário