quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Tudo o que Precisamos

“Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés. Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e comemorar. Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’. E começaram a festejar.” (Lucas 15:22-24)

Alguma vez você já procurou alguma coisa que estivesse bem debaixo de seu nariz? Se assim for, você tem muito em comum com o filho pródigo da parábola narrada por Jesus em Lucas 15. A parábola nos fala de um jovem que deixou a casa de seu pai na tentativa de encontrar satisfação nas coisas que ele pensou que lhe fariam feliz. Com base nas ações do jovem, ele aparentemente acreditava que roupas bonitas, boa comida e grandes festas lhe trariam felicidade.

Vale destacar que após o filho pródigo perder tudo o que tinha e voltar para a casa de seu pai, ele percebeu que tudo que procurava na vida estava em casa. O que fez o pai quando o filho pródigo voltou? Ele disse: "Tragam a melhor roupa... Coloquem um anel em seu dedo e sandálias em seus pés" (Lucas 15:22). Essencialmente, ele lhe deu boas roupas. "Tragam o novilho gordo e matem-no", disse o pai (versículo 23). Ele deu a seu filho boa comida. "Vamos fazer festa e comemorar", exclamou (versículo 23). Ele deu a seu filho uma grande festa. Isso é o que o filho pródigo queria. Tudo que ele desejava na vida consistia num relacionamento com seu pai.

Os cristãos também acreditam nisso. Tudo o que precisamos na vida para sermos felizes, tudo o que precisamos para a verdadeira realização é encontrado em um relacionamento com o Deus Pai.

Um comentário:

  1. Sim, é maravilhoso entender está parabola desta forma que Jesus mostrou e contou, e vocês reprisaram, realmente ela nos mostra um filho arrependido, mas quando entedemos o todo do ensino nós veremos muito mai
    """" pois ele vos ensinará todas as coisas,João 16: 13c."""
    Observe este ensino da parabola do filho pródigo ou de qualidades de fé, quando este ensino é visto por interação de obediência da fé em Adoração.
    Veja que tudo, é a igreja voltando para casa depois de esbanjar o que não é seu (mas do pai), e ainda pensando em toda proteção que terá se permanecer na fé, apesar de estar envergonhando o nome do pai muitas vezes aqui neste mundão quando pensa com a razão puramente.
    O Pai ainda dará um anel de aliança e de esperança de amor, com vestes prénupciais e com calçados da paz,até Cristo (o principe da paz) voltar e o casamento acontecer, mas agora é só, por enquanto o(noivado).
    "Tragam a melhor roupa... Coloquem um anel em seu dedo e sandálias em seus pés"
    (Lucas 15:22).
    Sabemos que os servos do pai prepararão de tudo, para a igreja quando ela chegar da espectativa, veja até uma boa festa com um banquete e o melhor do servisso alacarte visto aqui, com carne de novilho e o mais importante tudo junto com o pai. (versículo 23). Ele deu a seu filho boa comida. "Vamos fazer festa e comemorar", exclamou (versículo 23).
    Ele deu a seu filho uma grande festa, isso porque o filho tinha sido enganado pelo outro mais velho e ele veja quem era esse filho que ainda reclamava após sua derrota( o enganador).
    Escrito pelo Missionório: Judson Vieira de Souza
    Bacharel em Teologia: o JVS souza_jvs@hotmail.com

    Olha irmãos, Esta visão é fruto de oração, e suplica por misericórdia em minha vida.
    Porém o comentário continua e afirma a todos vocês afirmando a vossa legitimidade no que falaram, pois é benção pura e sem mistura, quanto ao ensino é inicial.

    ResponderExcluir