sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Nosso Conceito de Felicidade

"Esta tem sido a minha prática: Obedecer aos teus preceitos." (Salmos 119:56)

O filósofo Eric Hoffer escreveu: "A busca da felicidade é uma das principais fontes de infelicidade." Alguém uma vez disse: "Há duas fontes de infelicidade na vida. Uma é não conseguir o que se deseja. E a outra é conseguir."

Assim, para muitos que hoje buscam a felicidade, a verdade é: eles nunca a terão plenamente. Você olha para todas essas pessoas de Hollywood, por exemplo, com o todo tipo de realizações, fama e dinheiro, e muitas vivem vidas miseráveis ​​e vazias. Elas procuram a felicidade de maneira errada. A verdadeira felicidade é sempre um subproduto da santidade. Você direciona a sua vida para Deus e a felicidade logo lhe seguirá.

É por isso que o não-crente nunca vai conhecer a verdadeira felicidade. Eles vão atrás de falsificações baratas do diabo, as quais são superficiais porque não possuem profundidade suficiente, de onde possam extrair felicidade. O conceito de felicidade do mundo depende de coisas boas acontecendo. O conceito cristão de felicidade depende de um grande e bondoso Deus.

2 comentários:

  1. Quero dar os parabens a todos, pelo escrito e acrecentar ainda em tempo que, todo aquele que corre atrás de uma felicidade, simplismente esta correndo junto com a felicidade e não está sabendo que ela está em seu coração aguardando a obediencia e confiança na esperança que cada um tem.
    Temos que experimentar a pasciência divina, se queremos ser felizes.
    mas parabéns filosofo, Dr.Eric Hoffer, se quisermos ser infelizes é só correr atrás da felicidade.
    PRA SER FELIZ É PRECISO SER SÁBIO E CRER EM CRISTO,CRER EM SUA VOLTA COM FÉ, E TOMAR MAIS AGUA NAS DUAS FORMAS.
    contatos com: souza_jvs@hotmail.com
    Missinário: Judson Vieira de Souza
    o filosofo - JVS

    ResponderExcluir
  2. *** Queremos acrescentar ao comentário feito ai em cima,Parabenizando os autores,que a santidade pela fé e conhecimento da verdade é ela que será requerida quase que unicamente quando acontecer o fenômeno da promessa da volta de Cristo, porque é uma fé santificada e ausente de qualquer, envolvimento de conformidade a este mundo atual, isso é esse tipo de fé que ele Cristo Jesus, vai requerer de seus seguidores... entende-se isso quando se lê Lucas 18. 1-8, em uma parábola sobre o juízo final e a perseverança na oração.

    ResponderExcluir