terça-feira, 12 de julho de 2011

Contentamento Verdadeiro

"Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: 'Nunca o deixarei, nunca o abandonarei'". (Hebreus 13:5)

O contentamento é uma coisa boa para se ter na vida. Foi o apóstolo Paulo quem disse: "Não estou dizendo isso porque esteja necessitado, pois aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância. Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade." (Filipenses 4:11-12)

Em Filipenses, Paulo deixa claro que o contentamento não é a idéia de ter muitos bens. De acordo com Paulo, devemos nos contentar independentemente do que temos. Nosso contentamento vem daquele que conhecemos. A experiência nos diz que este princípio é verdadeiro, porque no mundo de hoje há muitos ​​ricos miseráveis. Lemos sobre eles o tempo todo. Celebridades e esportistas que têm poder, fama e dinheiro, mas suas vidas estão, muitas vezes, caindo aos pedaços. Eles não estão satisfeitos com o que tem.

O único lugar onde podemos achar contentamento verdadeiro é num relacionamento com o Bom Pastor. Vamos ilustrar este conceito pensando em Salmos 23:1: "O Senhor é meu pastor, nada me faltará." Aqui está tudo o que precisamos na nossa relação com Deus. Não precisamos querer, porque Ele é a fonte de tudo o que queremos. Ele satisfaz nossa sede espiritual, preserva-nos, e promete orientação e paz. Nele é onde encontramos o verdadeiro contentamento. Portanto, vamos todos proclamar: "O Senhor é meu pastor, nada me faltará."

Nenhum comentário:

Postar um comentário