segunda-feira, 6 de junho de 2011

Arrepender e Ser Salvo

“Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados, para que venham tempos de descanso da parte do Senhor...” (Atos 3:19-20)

Há uma grande diferença entre as palavras remorso e arrependimento. É importante que entendamos esta diferença. As pessoas lamentam quando seus pecados as alcançam. Sentem remorso quando começam a colher o que plantaram. Mas o remorso não significa necessariamente que alguém tenha se arrependido. A Bíblia diz que a tristeza leva ao arrependimento. Se você lamenta de verdade, você não apenas terá remorso pelos seus pecados, você vai se arrepender e mudar o seu comportamento.

Muitas pessoas têm a falsa certeza de serem cristãs porque possuem um sentimento de remorso pelos seus pecados. Mesmo assim, elas nunca se arrependem. A Bíblia diz claramente: “Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados, para que venham tempos de descanso da parte do Senhor...” (Atos 3:19-20). A palavra arrependimento significa mudar de direção, embora hoje tenhamos pessoas que teoricamente chegam a Cristo sem nunca mudar seu estilo de vida. Elas nunca se arrependeram. Elas vão dizer: "Eu lamento o que fiz", e continuarão pecando como se nada tivesse acontecido. Que tipo de arrependimento é esse?

C. S. Lewis observou sabiamente:, "Arrependimento não tem graça nenhuma. É algo mais difícil do que simplesmente dizer 'foi mal'. Significa retirar o orgulho e a vontade própria que temos desenvolvido e aperfeiçoado por milhares de anos." Este contraste entre o remorso e o arrependimento deve ser um alerta para nós Cristãos. Nunca devemos nos deixar absorver pela verdade de modo passivo, sem ter a real intenção de aplicá-la. Se você hoje vive com alguma forma de pecado habitual, para o seu próprio bem: arrependa-se e converta-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário