quarta-feira, 4 de maio de 2011

A Coisa Inteligente a ser Feita

"Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça?" (Romanos 6:16)

Escravo de quem você é? Talvez você acredite ser dono de si mesmo, o mestre de seu próprio destino. Mas, na realidade, cada um de nós produz ou se doa a algo ou alguém. Somos todos escravos de algo ou alguém.  

Eu quero ser um escravo de Deus. O apóstolo Paulo escreveu aos crentes: "Mas agora que vocês foram libertados do pecado e se tornaram escravos de Deus, o fruto que colhem leva à santidade, e o seu fim é a vida eterna." (Romanos 6:22). Esta palavra "escravo" foi traduzida de uma palavra grega que teria sido facilmente compreendida naquela cultura. Referia-se a um escravo que havia sido comprado fora do bloco de leilão e depois recebeu a liberdade. Em outras palavras, o mestre teria que comprar o escravo e, em seguida, declará-lo livre. Os escravos que fossem de tal forma agradecidos a seus mestres por tamanho gesto de compaixão e quisessem voluntariamente servi-los seriam designados como "escravos por vínculo", significando um escravo por opção. O servo agradecido não era um escravo comprado ou um escravo do medo, mas um escravo por escolha - um servo amoroso. Isso é o que Paulo disse ser, e também o que nós devemos ser.

Você é escravo de quem? Ou você é um servo de Deus ou você é um escravo do pecado. A escolha é sua. Você pode ceder ao pecado, pagar o preço e viver uma vida miserável, ou você pode se render a Deus, dando-Lhe seus dons, seu tempo e seu futuro, e viver a vida em sua plenitude. Esta é a única coisa inteligente a ser feita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário