terça-feira, 19 de abril de 2011

Na Ofensiva

"Usem o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus" (Efésios 6:17)

Durante a Guerra da Coréia, uma unidade conhecida como Baker Company foi separada do regimento e as forças inimigas avançam sobre eles. Durante várias horas, nenhuma comunicação veio da Baker Company. Finalmente foi feito contato por rádio, e quando solicitada a dar um relatório de sua situação, a Baker Company respondeu: "O inimigo está a leste de nós O inimigo está a oeste de nós. O inimigo está ao sul de nós. O inimigo está ao norte de nós." Então, depois de uma breve pausa, uma voz continuou: "E, desta vez, não vamos deixá-los escapar".

Parece ser assim a vida do crente. O inimigo está em cada esquina. Mesmo assim, alguns cristãos não percebem que a vida cristã não é um parque de diversões, mas um campo de batalha. Eles negligenciam o fato de que uma guerra está travada. E nessa guerra eles ganham ou perdem.

Em uma batalha, é sempre melhor estar atacando que se defendendo, pois quem se defende está simplesmente esperando o próximo ataque do inimigo na esperança de sobreviver. Se nós, como crentes, estamos sempre nos defendendo, então o diabo está em posição superior. Mas se estamos atacando, então nós estamos em melhor posição. Quando o apóstolo Paulo escreveu sobre a armadura de Deus em Efésios 6, ele mencionou uma arma ofensiva: "a espada do Espírito, que é a palavra de Deus" (v. 17).

Não se enganem sobre isso: há autoridade e poder na Palavra de Deus. A Palavra de Deus penetra. A Palavra de Deus atravessa. A palavra de Deus impacta. Quando o inimigo lhe cercar, mantenha-o na defensiva usando a Palavra de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário