terça-feira, 29 de março de 2011

Por que a Cruz?

"Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus." (1 Coríntios 1:18)

Existe uma história real a respeito de um casal que visitava uma joalheria. À medida que o vendedor lhes mostrava várias cruzes, a mulher comentou: "Eu gosto delas, mas você teria alguma sem esse pequeno homem fixado nela?"

Isso é o que muitas pessoas querem hoje: uma cruz sem Jesus. Eles querem uma cruz sem nenhuma ofensa, uma cruz que fique de acordo com o seu vestuário. Se pudéssemos voltar no tempo e analisar a cruz em seu contexto original, nós iríamos perceber que ela era um símbolo de sangue e desprezo. Um homem pendurado na cruz seria a pior imagem que poderíamos imaginar.

Os Romanos escolheram a crucificação porque ela tinha o objetivo de ser uma maneira lenta e tortuosa de morrer. Foi criada para humilhar a pessoa. As crucificações fora das cidades romanas serviram de aviso àqueles que ousassem se opor às leis de Roma.

Se houvesse qualquer outra maneira, você acha que Deus teria permitido que seu Filho sofresse dessa maneira? Se existisse qualquer outra forma com que pudéssemos ser perdoados, Deus a teria encontrado. Se ter uma vida de boa moral nos levasse ao paraíso, então Jesus não teria morrido por nós. Mas Ele morreu, pois não havia - e não há - outra maneira. Ele teve que pagar o preço por nossos pecados. Na cruz, Jesus comprou a salvação do mundo.

Se você alguma vez ficou tentado a duvidar do amor de Deus por você, mesmo que por um momento, olhe longa e profundamente para a Cruz. Pregos não seguraram Jesus na Cruz. O Seu amor o segurou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário