segunda-feira, 7 de março de 2011

Obediência Condicional

"Mas eles não me ouviram nem me deram atenção. Antes, seguiram o raciocínio rebelde dos seus corações maus. Andaram para trás e não para a frente". (Jeremias 7:24)

Meu cão pratica a escuta seletiva ou condicionada. Quando ele não gosta do que eu estou dizendo, ele age como se ele não me entendesse. Se ele está no meu quarto na hora de deitar e digo-lhe para ir embora, ele olha para mim como se dissesse: "O quê?" É como se sua audição tivesse desaparecido. Por outro lado, ele pode estar dormindo à porta fechada. Se eu descer, abrir o armário e retirar sua coleira, de repente surge nele uma audição supersônica. Lá está ele, ao meu lado. Quando ele gosta daquilo que eu quero que ele faça, meu cão ouve e obedece, mas quando não gosta do que eu quero que faça, ele não ouve e não obedece.

Agimos da mesma forma com Deus. Quando Deus nos diz para fazer algo que gostamos, nós dizemos: "Sim, Senhor!" Mas quando Ele nos diz para parar de fazer algo, dizemos: "Deus, eu acho que você está me interrompendo. Eu não o estou ouvindo claramente."

Jesus disse: "Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno" (João 15:14). Ele não disse: "Vocês serão meus amigos se fizerem as coisas com as quais, pessoalmente, concordam." Deus nos diz em Sua Palavra como devemos viver. Não cabe a nós escolher seções da Bíblia que gostamos e deixar o resto de lado.

Se Deus lhe diz para fazer algo, Ele o faz por uma boa razão, e você precisa obedecê-Lo. Se Deus diz para não fazer algo, Ele também diz por um bom motivo. Mesmo se você não entender, OBEDEÇA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário