terça-feira, 15 de março de 2011

Crentes Verdadeiros

"Todo aquele que é nascido de Deus não pratica o pecado, porque a semente de Deus permanece nele; ele não pode estar no pecado, porque é nascido de Deus." (1 João 3:09)

Dos doze discípulos, achamos que Judas Iscariotes era aquele com um olhar falso, que espreitava nas sombras. Enquanto os outros discípulos vestiam branco, Judas teria usado preto. Ele seria o único que se reconheceria imediatamente como um “cara mau”.

Mas eu acho que Judas Iscariotes era exatamente o oposto: um ator fenomenal, que apareceu como um homem justo, devoto a sua fé. Como um dos doze, Judas tinha sido escolhido a dedo pelo próprio Senhor, mas acabou traindo-o por algumas peças de prata.

Judas fez a escolha errada ao fazer a coisa errada, apesar de ter convivido com tanta verdade. Com seus próprios ouvidos, Judas ouviu Jesus pregar o Sermão da Montanha. Com seus próprios olhos, Judas viu Jesus andar sobre a água. Ele viu Lázaro ser ressuscitado dentre os mortos. Ele viu as multidões serem alimentadas com os pães e peixes. Ele viu os cegos recuperarem a visão. Ele viu tudo. Ele ouviu tudo. No entanto, ele tornou-se ainda mais endurecido em sua incredulidade. 

Judas podia ir fundo no pecado, porque ele nunca conheceu Jesus. Se você é um cristão verdadeiro e começa a se comprometer com a sua fé, sentirá a convicção do Espírito Santo. Mas se você consegue pecar sem remorsos, então deve se questionar se realmente já conhece a Deus. Um verdadeiro filho de Deus, embora ainda pecador, simplesmente não consegue aceitar o pecado.

Se você se encontra, como um seguidor de Cristo, adquirindo imediatamente a consciência do pecado assim que começa a pecar, alegre-se. É sinal que você pertence ao Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário