segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Presa Fácil

"Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar." (1 Pedro 5:8)

Não é preciso ir mais longe do que nos Salmos para ver a profundidade e intimidade do relacionamento que Davi mantinha com Deus. Davi amava ternamente a Deus de uma maneira muito especial. Ainda assim, sabemos que ele caiu em pecado.

Se perguntarmos a uma pessoa qual nome lhe vem à mente ao falarmos de Davi, a resposta mais provável será: Golias. Mas, talvez, outro nome venha a ser também mencionado: Bate-Seba. Golias e Bate-Seba representaram, respectivamente, a maior vitória e a maior derrota de Davi. Satanás não conseguiu derrotar Davi no campo de batalha, então derrotou-o na cama.

Neste período especial na vida de Davi como o Rei de Israel, não lemos sobre ele adorando a Deus. Davi fugia da intimidade que tinha com Deus; e, portanto, estava mais vulnerável. Ele baixara a guarda. 

Uma noite, Davi pôs os olhos em Bate-Seba e pecou. Ele acabou confessando o seu pecado e foi perdoado, mas teve que colher o que plantou. Os pecados que ele cometeu repetiram-se nas vidas de seus próprios filhos. No momento em que Davi baixou a guarda, tornou-se um alvo fácil para o diabo. 

O diabo continua a procurar alvos fáceis. Ele sabe que é mais fácil acertar em algo parado do que em algo que está em movimento. Aqueles que avançam em direção a Cristo, que estão crescendo em seu amor pelo Senhor, não são tão fáceis de serem atingidos como aqueles que relaxaram sua dependência do Senhor. São nesses que o diabo fará estrago. Isso é o que definirá a sua próxima vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário