terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Lidando com Distrações

"Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar." (1 Coríntios 9:26)

Nas competições do primeiro século, a cada corredor era atribuída uma raia na pista. Era esperado que cada um permanecesse na sua raia. Da mesma forma, como você e eu corremos a corrida da vida, nossa competição não é contra outros crentes, mas contra nossos inimigos, que são o mundo, a carne e o diabo. O objetivo não é superar alguém. O objetivo é superar essas influências iníquas que podem nos derrubar. Você pode justificar seu ritmo lento apontando para pessoas que ainda correm atrás de você, mas provavelmente há também algumas pessoas na sua frente. Você não deve se preocupar com quem está atrás ou à frente de você. Você deve correr contra si mesmo. Deus não o chamou para correr a corrida de outra pessoa. Cada um de nós é chamado para correr sua própria corrida. Um incidente na vida de Pedro ilustra esta verdade. Depois de Pedro ter negado a Cristo e ter sido restaurado pelo Senhor, Jesus lhe disse: "Segue-me." Então o Senhor começou a dizer a Pedro como sua vida acabaria. Enquanto eles conversavam, Pedro notou que outro discípulo, João, andava atrás deles. Pedro perguntou: "Senhor, e quanto a ele?" (João 21:21).

Nenhum comentário:

Postar um comentário