sábado, 8 de janeiro de 2011

A Geração "iDeus"

"No princípio Deus criou os céus e a terra." (Gênesis 1:1)

A Bíblia não tenta provar a existência de Deus. Ela só começa com as palavras: "No princípio, Deus... (Gênesis 1:1). A Bíblia pressupõe o óbvio; ela assume que as pessoas sabem que isso é verdade. Acho que é preciso mais fé para acreditar que Deus não existe do que o contrário.

Deus existe. Ele é o criador do universo e da humanidade. Enquanto militantes ateus dão o seu melhor para minar a fé daqueles que optam por acreditar na Bíblia, a maioria das pesquisas revela que os ocidentais em geral acreditam em Deus. E mesmo aqueles que se dizem ateus, são, na melhor das hipóteses, provavelmente apenas agnósticos.

A maioria das pessoas está disposta a aceitar a premissa de um deus, mas parece que hoje nós queremos um Deus criado à nossa própria imagem e semelhança. O que se vê hoje em grande parte não é uma geração que não acredita em Deus, mas uma geração que acredita num deus criado segundo sua própria imaginação e pontos-de-vista.

Com a tecnologia que nos permite obter as informações que queremos e quando as queremos, hoje muitas pessoas parecem preferir um "iDeus", um Deus personalizado e customizado, um Deus que diz e faz apenas o que se deseja. Um Deus que se possa editar, tirando-se as partes que não se gosta e deixando apenas aquelas que se gosta. Só que esse não é o caminho para se conhecer verdadeiramente a Deus. Não podemos moldar Deus à nossa imagem e semelhança. Pelo contrário: Ele é quem quer nos moldar à Sua imagem e semelhança.

No princípio, Deus - é onde tudo começa. A Bíblia não nos diz de onde Deus veio. Ela só nos diz que Deus é. Ela simplesmente diz: "No princípio, Deus...." Deus sempre existiu. Ele não tem começo, nem tem um fim. No princípio... Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário