domingo, 9 de janeiro de 2011

A Força Vital da Igreja

"E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos." (Atos 2:47)

Mostre-me uma igreja que não tenha um fluxo constante de novos crentes entrando e eu lhe mostrarei uma igreja estagnada. A igreja do primeiro século era uma igreja evangelística e eu acredito que toda igreja que esteja funcionando conforme a vontade de Deus terá um fluxo constante de novos crentes entrando. Novos crentes trazem uma grande necessidade de vida, enquanto os crentes mais velhos trazem uma grande necessidade de estabilidade e maturidade. Temos uma escolha diante de nós: evangelizar ou fossilizar.

Depois de ser crente por algum tempo, você pode ter algumas idéias predefinidas. Mas diante de um novo crente que ouve pela primeira vez as boas-novas, sofrendo uma grande transformação em sua vida, você pode se revigorar.

É como ir à Disneylândia com adultos e não com crianças. É decepcionante ir lá com adultos, porque a primeira coisa que fazem é reclamar sobre os custos de tudo ou quanto tempo as filas levam. Mas crianças nunca se queixam. Quando você leva um garoto para a Disneylândia, esta é para ele o lugar mais feliz na terra. A criança a vê de forma diferente. E quando você vê a Disneylândia através dos olhos de uma criança, ela se torna diferente.

A Grande Comissão não significa fazer convertidos, mas sim levar as pessoas até Cristo. Significa lhes ensinar a Palavra de Deus e erguê-las espiritualmente. E então fazê-lo de novo... de novo... e de novo. Convidamos pessoas a se prontificarem e tomarem uma decisão em favor de Cristo, mas Deus quer que elas sigam adiante. Ele quer que elas amadureçam na fé. E Ele usará você para ser parte desse processo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário