quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Destinado à Grandiosidade

Que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. (2 Coríntios 1:4)

Como se diz: é preciso uma mão firme para segurar um copo cheio. Deus havia planejado dar um copo cheio para o apóstolo Paulo. Então ele o separou e o levou por algum tempo para a obscuridade, no deserto da Arábia. Não se sabe o que aconteceu lá, mas pode-se presumir que ele aproximou-se do Senhor, na amizade e na comunhão. Foi lá que Paulo refinou sua teologia, apresentada nas epístolas que Deus o inspirou a escrever no Novo Testamento. Isso era típico na forma como Deus lidava com as pessoas que preparava para assumir atribuições maiores no ministério. Quando Elias obedientemente entregou a mensagem de Deus para o rei Acabe e para a rainha Jezabel em sua corte, ele foi levado ao ribeiro de Querite por alguns anos para esperar em Deus. Moisés teve 40 anos de treinamento que o prepararam para liderar os filhos de Israel para fora do Egito. Mesmo depois de o jovem adolescente Davi ter sido ungido rei de Israel, teve que esperar até os 30 anos de idade para subir ao trono. José foi muito usado na casa de Potifar, mas mesmo assim foi levado para a prisão por dois longos anos. Deus estava preparando esses homens para o que estava mais à frente e ele estava fazendo o mesmo com Paulo. Quando você estiver a atravessar dificuldades, Deus na verdade está apenas lhe preparando para melhor ministrar junto a outros no futuro. Você se encontra hoje numa "experiência de deserto"? Talvez Deus esteja lhe treinando. Lembre-se: você nunca é pequeno demais para ser usado por Deus; apenas grande demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário