segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Crer em Deus

"De fato, eu, o Senhor, não mudo." (Malaquias 3:6)

A. W. Tozer disse: "Nada torce e deforma mais a alma do que uma concepção baixa ou indigna de Deus."
Acho que isso é verdade, porque se você não entender quem é Deus, se a sua visão de Deus for distorcida, isto irá afetar a maneira que você vive. Devemos ter uma boa compreensão do caráter e da natureza de Deus.

O que você acha sobre Deus lhe permitirá superar os desafios e as dificuldades da vida. E não há lugar melhor para adquirir tal conhecimento do que com o próprio Deus e através do que a Bíblia diz sobre Ele.

Quando Paulo foi atingido por uma forte tempestade a caminho de Roma e parecia que todos a bordo morreriam, Deus lhe assegurou que iria chegar com segurança em seu destino. Assim, Paulo foi capaz de afirmar para a tripulação:

- "Pois ontem à noite apareceu-me um anjo do Deus a quem pertenço e a quem adoro, dizendo-me:
‘Paulo, não tenha medo. É preciso que você compareça perante César; Deus, por sua graça, deu-lhe as vidas de todos os que estão navegando com você’. Assim, tenham ânimo, senhores! Creio em Deus que acontecerá do modo como me foi dito." (Atos 27:23-25)

Paulo creu em Deus e nós também devemos crer, porque de uma certa forma nós também vivemos num mundo tempestuoso. Não sabemos onde os problemas que estamos enfrentando hoje vão nos levar. Os tempos são incertos e precisamos de uma segurança real que nos ajude a passar por tudo isso. Embora os tempos e as circunstâncias mudem, Deus nunca muda. Todos mudam a cada dia, exceto Deus.
Como Deus diz: "De fato, eu, o Senhor, não mudo" (Malaquias 3:6).

Acreditar em Deus não significa necessariamente poder para mudar as circunstâncias (embora Ele o possa e até o faça, às vezes). Mas na maior parte das vezes, Ele vai mudar VOCÊ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário