sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Tudo Para a Sua Glória

"Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." (1 Coríntios 10:31)

Um dos meus filmes favoritos é "Carruagem de Fogo", a história de Eric Liddell, um cristão firme e heróico da Escócia que competiu na Olimpíada de Paris de 1924, ganhando medalhas de ouro e bronze nas corridas de 400 e 200 metros, respectivamente.

Durante uma cena do filme, a irmã de Eric, Jenny, também uma cristã comprometida, estava chateada porque o seu irmão estava competindo. Ela achava que ele estava perdendo tempo e lembrou a Eric que Deus o fez para Si mesmo.

Eric disse a ela: "Jenny, você precisa entender. Acredito que Deus me fez com um propósito - para a China. Mas Ele também me fez veloz. E quando eu corro, sinto que O agrado." No desenrolar da história, ele glorifica a Deus com sua atitude nas Olimpíadas.

O que quer que façamos, devemos procurar glorificar a Deus, seja na área acadêmica, esportiva, comercial ou qualquer outra. Devemos fazê-lo de maneira a trazer glória ao Deus que nos criou. Como 1 Coríntios 6:19-20 nos lembra, "Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês."

Você pode servir a Deus e glorificá-Lo em tudo o que Ele lhe chamou para fazer. Todo mundo tem habilidades que foram dadas por Deus. Então você pode glorificá-Lo como um trabalhador da construção civil. Você pode glorificá-Lo na medicina. Você pode glorificá-lo em esportes profissionais. Você pode glorificá-lo no design gráfico. Seja o que for que você faça, você pode trazer glória a Ele.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Nosso Médico Grandioso

"Ouvindo isso, Jesus lhes disse: 'Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores'." (Marcos 2:17)

Vale a pena notar que todas as pessoas com quem Jesus teve conversas ou contato, estavam em uma situação diferente. E Ele lidou com cada uma delas de forma diferente. Isso porque Ele reconheceu que, embora todos nós compartilhemos muitos dos mesmos problemas e necessidades básicas, todo homem, mulher e criança é um indivíduo único, com necessidades únicas.

Em seus encontros com as pessoas, Jesus era como um médico. Ele basicamente dizia: "Quero que você saiba que eu não vim para trazer os justos ao arrependimento, mas os pecadores. Porque aqueles que estão íntegros não precisam de um médico."

Acho que o mais difícil de ser médico deve ser ver as pessoas, na maioria das vezes, apenas quando elas estão doentes! Eles geralmente não têm seus pacientes parando e dizendo: "Ei, doutor, estou me sentindo bem, eu só queria te dizer isso. Quer ir almoçar?" Você geralmente não liga para o seu médico quando está se sentindo 100%. Você liga quando está se sentindo mal e o seu médico pede que você vá ao consultório dele, seja examinado e tome o remédio específico à sua necessidade.

Jesus é o grande médico. Ele veio curar os quebrantados de coração, pregar libertação aos cativos, dar visão aos cegos e liberdade aos oprimidos. Ele já determinou as suas áreas precisas de necessidade, sejam elas quais forem, e Ele vai lhe ajudar como um indivíduo.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Um Abrigo Eficaz

"Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso" (Salmo 91:1)

Quando você era criança, você tinha um esconderijo - um lugar para onde pudesse fugir quando estivesse com medo ou quisesse ficar sozinho? Pois é. Deus quer ser seu esconderijo. A boa notícia é que você pode se retirar para este abrigo onde quer que esteja. Quando você estiver preso no trânsito, você pode se retirar para lá. Quando estiver num conflito no trabalho e não souber o que dizer ou como lidar, você pode imediatamente se retirar para o abrigo do Altíssimo, enquanto viver em comunhão com Ele.

Não é só habitar lá, mas é viver sob a sombra do Todo-Poderoso. Você já tentou andar na sombra de alguém? Isso é possível, mas você tem que ficar muito perto da pessoa. Essa é exatamente a imagem no Salmo 91:1. Deus está dizendo: "Quero que você esteja tão próximo que realmente esteja  sob a minha própria sombra." Se você fizer isso, isso lhe dará coragem para enfrentar a vida.

Lembre-se da história do grande profeta Elias, que corajosamente invadiu a corte do perverso rei Acabe e da rainha Jezebel e declarou que não choveria, exceto por sua palavra. Onde ele conseguiu coragem para fazer algo assim? Embora Elias estivesse na corte de poderosos monarcas, ele reconheceu que, ao mesmo tempo, estava na presença de um Monarca ainda mais poderoso. Ele estava habitando no abrigo do Altíssimo.

Se você se ajoelhar diante de Deus, você pode enfrentar qualquer homem. Você tem andado nesta comunhão com Ele?

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

De Um Pensamento, ao Seu Destino.

"[...] Pela palavra dos teus lábios eu evitei os caminhos do violento." (Salmos 17:4)

Quando o Diabo quis levar o primeiro homem e a primeira mulher ao pecado, ele começou atacando as suas mentes. E ele usa essa tática ainda hoje.

Paulo alertou sobre isso quando disse: "O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo" (2 Coríntios 11:3). O Diabo ataca as nossas mentes porque nosso cérebro, nossos pensamentos, nossa imaginação. Elas são o centro de comando. Com a mente, você pode alcançar o passado através das memórias, e você pode alcançar o futuro através da imaginação. O Diabo sabe que, se ele nos faz pensar em algo, contemplá-lo, considerá-lo, então ele já tem meio caminho andado.

A Bíblia nos diz: "As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo" (2 Coríntios 10:4-5).

Foi dito: "Semeie um pensamento; colha um ato. Semeie um ato; colha um caráter. Semeie um caráter; colha um destino." Começa com um pensamento, mas pode levar a um destino. O Diabo sabe que se ele pode nos fazer pensar em algo, considerar algo, ele quase nos tem.

A mente de Eva certamente não estava cheia das coisas de Deus quando o Diabo se aproximou dela. Se estivesse, ela poderia ter resistido efetivamente às tentações dele. Quando temos a Palavra de Deus guardada em nossos corações, ela nos dará um recurso importante para efetivamente resistirmos à tentação.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Testado Através do Fogo

"Mas ele conhece o caminho por onde ando; se me puser à prova, aparecerei como o ouro" (Jó 23:10)

Deus é especialista em nos colocar em situações nas quais somente Ele pode nos livrar. Por isso, não podemos agradecer às nossas "estrelas da sorte" ou elogiar nossa inteligência ou desenvoltura. Antes, devemos dizer: "Somente Deus poderia ter feito isso". O Senhor quer receber a glória pelo que faz. E Ele claramente diz nas Escrituras que não dará a Sua glória a outro (ver Isaías 42:8).

Isso nos lembra de um homem que sabia algo sobre o sofrimento, cujo nome, na verdade, é sinônimo da palavra. Estou falando, claro, de Jó. Ali estava um homem que perdeu os seus filhos, a sua casa e tudo o que possuía... inclusive a sua saúde.

Jó tinha muitas perguntas, as mesmas que muitos de nós temos. Ele disse: "Se tão-somente eu soubesse onde encontrá-Lo e ir à sua habitação! Eu lhe apresentaria a minha causa e encheria a minha boca de argumentos. Estudaria o que ele me respondesse e analisaria o que me dissesse" (Jó 23:3-5).

Jó admitiu honestamente contra o que estava lutando. Então ele acrescentou o que se tornaria uma declaração clássica de fé: "Mas ele conhece o caminho por onde ando; se me puser à prova, aparecerei como o ouro" (Jó 23:10). Jó estava dizendo: "Não sei o que está acontecendo. Não sei por que Deus permitiu que essas coisas acontecessem. Mas sei de uma coisa: quando eu for testado, sairei como o ouro." Esse foi o objetivo de Deus para Jó. E é o objetivo d'Ele para você também.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Pego Pela Corrente

"Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido" (Tiago 1:14)

Anos atrás, eu estava na praia com meu filho Jonathan e decidimos nadar. Nós não estávamos muito longe da costa. De repente, caímos em um buraco e por alguns momentos meus pés não tocavam o chão. Enquanto eu segurava Jonathan, uma pequena corrente começou a nos puxar para a direita, o suficiente para nos mover. Estávamos antes alinhados com um posto salva-vidas, mas notei que tínhamos nos afastado dele. Estávamos sendo puxados e eu não conseguia parar a corrente. Continuei alcançando o chão com os pés, mas não conseguia me equilibrar.

De repente, o salva-vidas desceu de seu posto e começou a correr em nossa direção com sua boia. Eu achava que não precisava ser salvo, porque estava a poucos metros da costa.

"Estou bem", eu disse, tentando acenar para ele.

Mas quer saber? Eu não estava bem. Eu não pude me conter. Quando ele começou a nadar, eu pensei: "Preciso colocar meus pés no chão." Finalmente, eu consegui.

"Eu estou bem", gritei para ele e ele acenou e nadou de volta.

Assim é a tentação. Você acha que pode lidar com ela, mas de repente é pego por sua corrente. Orar para não sermos tentados e depois nos colocarmos numa situação vulnerável, é como enfiar nossos dedos no fogo e orar para que não sejam queimados. Precisamos nutrir um respeito saudável pelo inimigo que enfrentamos e pela tentação que ele utilizará em nossas vidas.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Quando Surgem os Problemas

"Desde os confins da terra eu clamo a ti, com o coração abatido; põe-me à salvo na rocha mais alta do que eu" (Salmos 61:2)

Percebi que quando procuro andar segundo a vontade de Deus e me envolvo nas coisas de Deus, posso esperar oposição do inimigo, o diabo. Muitas vezes, aflições entram em nossas vidas não por causa da nossa desobediência. Nossas aflições, problemas e dificuldades podem também decorrer da nossa obediência a Deus.

Lembra de Jó e de todas as dificuldades que vieram sobre ele porque ele era um homem perfeito e reto, um homem que temia a Deus e rejeitava o mal?

E Neemias, que saiu para reconstruir os muros de Jerusalém que haviam sido derrubados e estavam em ruínas. Deus o havia orientado a fazer isso, mas assim que ele empreendeu esta grande obra para o Senhor, um homem chamado Sambalate se opôs a ele e o ameaçou. O que Neemias fez? Ele parou imediatamente o que estava fazendo e fugiu? Não. Em vez disso, Neemias fez o que Tiago diz que devemos fazer quando estamos aflitos ou quando estamos em apuros. Ele orou. Ele disse: "Ouve-nos, ó Deus, pois estamos sendo desprezados. Faz cair sobre eles a zombaria [...] pois provocaram a tua ira diante dos construtores" (Neemias 4:4-5). Neemias clamou a Deus e levou os seus problemas para Ele.

Como 1 Pedro 5:7 nos lembra, "Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês". Então, quando o problema vier, ore. Leve seus problemas e suas preocupações para Deus.