sexta-feira, 17 de maio de 2019

Desfiladeiro Sem Saída

"Pedro, então, ficou detido na prisão, mas a igreja orava intensamente a Deus por ele." (Atos 12:5)

Em alguns dos antigos faroestes da TV dos anos 1950, os "Desperados" (sempre de chapéu preto) escapavam com o dinheiro roubado da carroça. De repente, alguém da legião que os perseguia (geralmente de chapéu branco) gritava: "Agora vamos conseguir pegá-los! Eles entraram em um desfiladeiro!" E todo mundo sabe que não há por onde sair de um desfiladeiro.

Há desfiladeiros na vida também: situações aparentemente impossíveis onde parece não haver saída nem lugar algum para o qual se desviar. Cercado por obstáculos intransponíveis, você se encontra temporariamente paralisado, sem saber o que fazer. Esses são os momentos em que Deus nos convida a orar.

Em Atos 12, encontramos a história de como Deus assumiu uma situação trágica, até mesmo sem esperança, e deu a volta por cima. Isso aconteceu pelo poder da oração, o tipo de oração que invade o trono de Deus e obtém uma resposta.

Tanto Tiago como Pedro estavam na prisão. Tragicamente, Tiago foi morto. Mas Pedro ainda estava encarcerado, aguardando o seu destino. Embora todas as portas estivessem fechadas, uma permanecia aberta: a porta da oração. A igreja reconheceu que "As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas" (2 Coríntios 10:4).

A oração era e é a arma secreta da igreja. Embora o Diabo tenha dado um golpe contra a igreja, a igreja obteve a vitória através da oração quando Pedro foi milagrosamente libertado.

Infelizmente, não oramos com frequência suficiente. No entanto, é essencial que os cristãos aprendam mais sobre a oração eficaz, porque todos nós certamente enfrentaremos dificuldades, problemas e mais do que alguns desfiladeiros sem saída. Por isso, precisamos descobrir o que Deus pode fazer através do poder da oração.

A oração para o cristão deve ser sua segunda natureza, como respirar. Devemos orar automaticamente, levantando nossas necessidades e pedidos diante do Senhor. Jesus disse que devemos orar sempre e nunca desanimar (ver Lucas 18:1). A oração é algo que nunca devemos evitar e que nunca deve nos cansar. A oração deve ser tecida no nosso dia como um fio de ouro brilhante tecido através de um pedaço de tecido. Quanto mais orarmos, mais veremos o reino de Deus rompendo a escuridão de situações aparentemente impossíveis.

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Olhos Fitos em Jesus

"Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé [...]" (Hebreus 12:1-2)

Nos jogos gregos antigos, um juiz ficava na linha de chegada segurando, de forma muito visível, a coroa de louros que seria entregue ao vencedor. À medida que os corredores se aproximavam da linha de chegada, eles ficavam exaustos, possivelmente em agonia, e sentindo que não poderiam dar mais nenhum passo. Mas de repente, com o prêmio em vista, uma injeção de energia aparecia para o impulso final.

Essa é a cena por trás da frase "tendo os olhos fitos em Jesus" de Hebreus 12:2. Precisamos manter os nossos olhos em Jesus. E nosso prêmio é o privilégio de estar diante Dele e receber a coroa da justiça que Ele nos entregará.

É por isso que buscamos viver vidas santas e tentamos levar pessoas a Ele. Não é para sermos aplaudidos. Não é para sermos famosos ou termos notoriedade. É para somente podermos ouvir Jesus dizer, naquele último dia: "Muito bem, servo bom e fiel." Não, nós não podemos conquistar por nós mesmos a salvação, pois Ele já a conquistou. Mas podemos agradar Àquele que deu a Sua vida por nós. Queremos poder dizer: "Senhor, eu peguei a vida que Tu me deste e tentei fazer a diferença. Aqui está. Eu a ofereço a ti."

Olhos fitos em Jesus... isso o faz continuar, não? Porque, como sabemos, podemos nos sentir desencorajados, às vezes. Pessoas irão lhe decepcionar. Não irão apreciar o seu árduo trabalho ou notar os seus esforços. Não se darão ao trabalho de entender os seus verdadeiros motivos, irão criticar aqueles que não consigam ou não queiram entender. E é aí que você precisa se lembrar: não estou correndo essa corrida por essa ou aquela pessoa. Estou correndo para Ti, Senhor. E eu continuarei correndo... com os olhos fixos em Ti.

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Quando Deus Fala

"Aquele que entra pela porta é o pastor das ovelhas. O porteiro abre-lhe a porta, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as suas ovelhas pelo nome e as leva para fora. Depois de conduzir para fora todas as suas ovelhas, vai adiante delas, e estas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas nunca seguirão um estranho; na verdade, fugirão dele, porque não reconhecem a voz de estranhos." (João 10:2-5)

Deus ainda fala com as pessoas hoje? Ele está interessado no que acontece com cada um de nós? Ele realmente tem um plano para as nossas vidas?

Deus realmente está interessado em cada um de nós. Ele tem um plano mestre para as nossas vidas e quer falar conosco. Jesus descreveu a si mesmo como o nosso bom pastor. E, como Suas ovelhas, podemos ouvir e reconhecer a Sua voz.

Então, como podemos saber quando é Deus falando? Primeiro, precisamos nos lembrar de que Deus nos fala principalmente através de Sua Palavra, e Ele nunca nos conduzirá de uma maneira que contradiga essa Palavra. Não precisamos ir além da Bíblia para conhecer a vontade de Deus para as nossas vidas.

Deus também fala através de circunstâncias que podem incluir fracassos ou mesmo dificuldades. Nós não gostamos quando Deus fala conosco através de tragédias e dificuldades, mas como C.S. Lewis disse, "Deus sussurra para nós em nossos prazeres, fala em nossa consciência, mas grita em nossas dores: é o seu megafone para despertar um mundo surdo."

Muitas vezes descobri que se algo é a vontade de Deus, então será confirmado. Há momentos em que sinto que o Senhor tem falado comigo através das circunstâncias, como uma oportunidade que se abriu. Mas eu nunca tomo decisões olhando apenas as circunstâncias.

Por fim, Deus nos fala através de sua paz. Colossenses 3:15 nos diz: "Que a paz de Cristo seja o juiz em seus corações [...]" Deus é o autor da paz, não da confusão.

Talvez ouçamos a voz de Deus com mais frequência do que pensamos. E talvez não estejamos dando a Ele a oportunidade de falar. Hoje seria um bom dia para levar a sua Bíblia, ficar sozinho com Ele, longe do barulho e da confusão, e perguntar: "Senhor, o que você tem a dizer para mim hoje? Estou ouvindo!"

terça-feira, 14 de maio de 2019

Paz Entre os Leões

"Daniel respondeu: 'Ó rei, vive para sempre! O meu Deus enviou o seu anjo, que fechou a boca dos leões. Eles não me fizeram mal algum, pois fui considerado inocente à vista de Deus. Também contra ti não cometi mal algum, ó rei'." (Daniel 6:21-22)

Daniel estava na cova dos leões, mas os leões não o atacaram. Não foi porque eram leões piedosos. Eles eram leões muito normais. E estavam famintos. Mas nenhum deles queria mexer com o anjo do Senhor. E Daniel provavelmente conseguiu dormir sete horas inteiras naquela noite.

A verdadeira paz é poder deitar a cabeça no travesseiro à noite, em paz com Deus, entregando a sua vida e cada detalhe dela ao Senhor. E não mais viver atormentado pela culpa. Dormir dizendo as palavras "Senhor, confio em ti".

Davi, que tinha boas razões para muitas noites sem dormir em sua vida, escreveu: "Em paz eu me deitarei e dormirei, pois só Tu, ó Senhor, me fazes habitar em segurança" (Salmos 4:8). Acho que Daniel poderia fazer isso durante a maior parte de sua longa vida.

Você se encontra em uma "toca de leões" hoje? Como Daniel, você pode ter alguns inimigos por aí planejando a sua destruição. E você certamente tem um adversário que "anda ao redor como um leão rugindo à procura de alguém para devorar" (1 Pedro 5:8). Você sente como se o perigo estivesse perto, e você se pergunta se pode manter a sua sanidade - e a sua fé - neste tempo de dor e perplexidade.

Daniel se recusou a se distrair do propósito em seu coração. Ele manteve as suas prioridades e manteve a calma diante da oposição e das circunstâncias intimidadoras. Assim fizeram Sadraque, Mesaque e Abede-Nego quando ordenados a trair o Senhor ou morrer. E assim fez Jó quando Satanás roubou tudo dele, exceto o que ele mais apreciava - o seu relacionamento com o Deus vivo.

Essas pessoas reais das páginas das Escrituras nos ensinam a manter os nossos olhos da fé presos em nosso Deus fiel, não importando o que aconteça. Continue orando... continue vivendo uma vida piedosa... continue reivindicando as promessas da Palavra de Deus... continue confiando em que o Senhor venha para você e continue trabalhando para a Sua glória.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Chamando a Nossa Atenção

"Porque o Senhor não o desprezará para sempre. Embora ele traga tristeza, mostrará compaixão, tão grande é o seu amor infalível. Porque não é do seu agrado trazer aflição e tristeza aos filhos dos homens" (Lamentações 3:31-33)

No Salmo 23, Davi escreveu: "A tua vara e o teu cajado me protegem." A vara e o cajado eram ferramentas de um pastor de ovelhas. O cajado era um instrumento longo e torto que o pastor usava quando uma ovelha se desgarrava. Mas a vara era simplesmente um taco que era usado quando o rebanho estava se desviando.

Podemos pensar que um taco é extremamente cruel para se usar em uma pobre ovelha, mas é melhor ser golpeado por um porrete do que comido por um lobo! E as ovelhas são incrivelmente estúpidas, pois se uma ovelha se aproxima do penhasco, as outras ovelhas também se alinham para morrer. Então às vezes o pastor tem que usar medidas corretivas em uma ovelha rebelde que está levando todas as outras a se desviarem.

Já vi o Senhor usar a vara do sofrimento ou da doença para chamar a atenção de algumas pessoas. Ele diz: "Você realmente não deveria fazer isso" e, em seguida, as convence pelo Espírito. Mas elas podem ignorá-lo. Então Ele diz a elas: "Não faça isso. Não quero que você faça isso." E se elas continuam a ignorá-lo, BAM! Deus usará a sua vara: "Eu lhe disse... não faça isso." Eu conheci muitas pessoas que conheceram a Cristo enquanto estavam hospitalizadas. Infelizmente, muitas delas não seguem com Cristo, mas outras continuaram a andar com o Senhor desde então.

Talvez Deus recentemente tenha usado a vara em você para chamar a sua atenção. Talvez Ele tenha lhe dado um alerta na forma de sofrimento ou doença, e você esteja se perguntando por quê.

O livro de Hebreus (12:5-6) nos diz: "[...] Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor, nem se magoe com a sua repreensão, pois o Senhor disciplina a quem ama, e castiga a todo aquele a quem aceita como filho."

Jamais duvide disso: se Deus permitiu dificuldades ou sofrimento em sua vida por um período, é porque Ele lhe ama.

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Equipado Para Estradas Difíceis

"Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma."(Tiago 1:2-4)

O sofrimento nos faz fortes. Deus permite dificuldades em nossas vidas, de modo que a nossa fé se torne cada vez mais real e menos teórica para nós. Podemos começar a viver a nossa vida de fé no mundo real.

Fico pensando nas pessoas que vemos pelas estradas hoje em dia dirigindo SUV's. A maioria tem tração 4x4. Em outras palavras, poderíamos andar com SUV's na lama ou em uma trilha rochosa na encosta de uma montanha.

Mas quantas pessoas realmente fazem isso? Algumas se gabam para seus amigos e dizem: "É, olhe só para isso. Veja o que ele pode fazer. Com esse meu xodó eu poderia até escalar um prédio."
Mas, se alguém perguntar, - "E você leva essa belezura realmente para a sujeira?"

- "Você tá brincando?
Sabe quanto eu paguei por essa coisa?
De jeito nenhum vou colocá-lo na lama. Na verdade, eu tava mesmo é a caminho de um lava-jato."

As pessoas nunca querem realmente usar esse veículo para o propósito para o qual ele foi projetado - para o que ele realmente foi concebido para fazer.

Podemos ser assim com a nossa fé. Falamos sobre acreditar nisso ou naquilo e sobre as verdades às quais nos apegamos. Mas posso ouvir Deus nos dizendo: "Sabe, você tem muitas crenças realmente boas. Você fala sobre elas o tempo todo. Você fala sobre como você acredita que eu posso suprir todas as suas necessidades.
Ok. Deixe-me então colocá-lo numa situação onde você não tenha outros recursos e realmente tenha que confiar só em mim para a provisão."

Veja, Deus pode permitir essas dificuldades, provações e deficiências em nossas vidas, de modo que exercitemos a nossa fé e andemos só na confiança. Precisamos transferir a nossa fé do campo da teoria para a realidade das trincheiras.

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Um Amigo Sincero e Leal

"De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores." (Romanos 5:6-8)

Dois homens acampando na floresta saboreavam seu café matinal quando, de repente, viram um enorme urso pardo faminto caminhando em sua direção. Um dos homens rapidamente calçou os tênis de corrida. "Você acha mesmo que consegue correr mais do que aquele urso pardo?", perguntou-lhe o amigo.

"Não preciso", respondeu ele. "Só preciso correr mais que você."

Todos já tivemos amigos assim, não é? Ao primeiro sinal de perigo, de encrenca ou de dificuldade, eles saem pela porta dos fundos. Então, o que torna verdadeira uma amizade? Já se disse que um amigo verdadeiro é o que entra em cena quando os outros saem. Felizmente, na minha vida houve pessoas que permaneceram comigo e foram amigos de verdade. Mas numa coisa tenho confiança: um amigo sincero e leal que encontrei foi Jesus Cristo.

Jesus nos oferece Sua amizade. Na verdade, o Novo Testamento chega a dizer que fomos chamados por Deus Pai à comunhão com Seu Filho (ver 1 Coríntios 1:9). Mas isso é de mão única? Esperamos mesmo uma amizade sem resposta do nosso lado? Um relacionamento genuíno, obviamente, se faz com duas pessoas comprometendo-se uma com a outra. Posso oferecer a você a minha amizade, mas enquanto você não me oferecer a sua, eu não posso dizer que somos realmente amigos.

Jesus demonstrou a Sua disposição de manter amizade conosco por meio do que fez por nós. Ele disse: "Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos" (João 15:13). Ao fazer exatamente isso, Jesus comprovou para sempre a Sua dedicação a nós.