sexta-feira, 30 de dezembro de 2022

Supere o Seu Passado

"Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo [...]" (Filipenses 3:13)

Ouvi falar de um interessante costume de Réveillon na Itália. À medida que a noite se aproxima, as ruas são limpas e até a polícia se protege. Então, ao bater da meia-noite, as janelas das casas se abrem e cada membro da família lança todo um catálogo de bens pessoais que os lembre de algo do ano que passou que eles estejam determinados a apagar de suas mentes.

O apóstolo Paulo também reconheceu a importância de deixar o passado para trás. Ele disse: “Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante" (Filipenses 3:13).

Não podemos viver no passado. Não podemos ser controlados por erros passados ​​ou viver de vitórias passadas. Portanto, se você estragou tudo nesse ano que passou, aprenda com isso. E não faça mais isso. Faça mudanças em seu comportamento, em seus hábitos e em suas escolhas para evitar voltar por esse caminho. Aprenda com seus erros.

Ao mesmo tempo, não viva de vitórias passadas. Se Deus fez algo maravilhoso em sua vida no último ano, agradeça por isso. Mas um novo ano está diante de você com muitas novas oportunidades. Portanto, siga em frente para o que Deus tem para você.

Paulo continuou: “Prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus” (Filipenses 3:14). Se você for um corredor, sabe que há dor envolvida em uma corrida, especialmente se estiver correndo uma maratona. Depois de um tempo, é difícil mover um pé para a frente do outro.

Da mesma forma, a vida cristã não é moleza. É uma batalha. Paulo estava dizendo: “Estou me esforçando para seguir em frente.” Estas palavras são para todos os seguidores de Jesus Cristo. Portanto, prossiga em direção ao que Deus tem para você.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2022

As Balanças de Deus

"Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus" (Romanos 3:23-24)

A maioria de nós está familiarizada com balanças e geralmente não gosta de pisar sobre elas. Mas se há algum problema ao pisar sobre uma balança, geralmente não é porque pesamos pouco, mas sim por pesarmos muito. Frequentemente dizemos: "Acho que a balança está errada, não posso pesar tanto assim!"

Bem, Deus tem Suas balanças também. Mas Ele pesa coisas de forma diferente. Neste mundo, se você quer ser um "peso pesado", você precisa ser uma pessoa que deixou sua marca. Você deve realizar as coisas através de poder, influência e riqueza. Mas na balança de Deus, todas essas coisas que tem peso na terra não valem nada na eternidade. Você pode ser um grande empreendedor no mundo - uma celebridade, um homem de negócios, alguém poderoso - mas quando colocado sobre a balança Deus, você pode ser um peso "super mosca". Deus dá ênfase às qualidades invisíveis da vida. Quem somos por dentro é o que conta como commodity divina. Qualidades como a santidade, caráter e compromisso é o que pesa na balança de Deus.

Todos subimos sobre a balança de Deus e somos pesados. E ao olharmos para os Seus padrões, percebemos imediatamente que estamos aquém do esperado. Falhamos. Pecamos. É por isso que precisamos da ajuda de Deus. Tentamos pesar mais. Tentamos acrescentar mais peso para o nosso lado, mas isso não nos ajuda. A única maneira de possuirmos algum peso na vida é percebendo o que Deus fez por nós quando enviou Seu próprio Filho Jesus Cristo para morrer na cruz em nosso lugar.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2022

Sobrevivendo à Tempestade

"Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno" (2 Coríntios 4:18)

Existem dois tipos de pessoas no mundo: aquelas que estão passando por uma crise, e as que irão passar por uma. Nesses últimos tempos, parece que encontramos mais das primeiras.

Jesus, no fim do Sermão da Montanha, falou sobre dois homens que construíram suas casas. Um construiu sua casa sobre uma fundação sólida feita sobre a rocha, enquanto outro a construiu sobre uma fundação instável de areia.

Então Jesus disse isto sobre ambas as casas: “Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa [...]” (Mateus 7:25). Não é questão se irá cair a chuva ou soprar ventos fortes contrários; é uma questão de quando.

Gostaria de poder dizer que alcançaremos um ponto em nossas vidas em que todos os nossos problemas desaparecerão. Na realidade, alguns problemas simplesmente substituem outros.

Pior ainda, tempestades pode aparecer do nada. Pode ser uma dificuldade. Pode ser ansiedade. Pode ser uma tragédia. Mas é algo que vem muito rápido e tem um grande impacto sobre você.

Algumas vezes estas provações e dificuldades em nossas vidas parecem aleatórias, mas nunca são. Mateus 5:45 diz: “[...] Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.”

O apóstolo Paulo escreveu, “pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno” (2 Coríntios 4:17-18).

Tempestades têm começo, meio e fim. Mas algo virá delas: Uma glória imensurável!

Não conseguimos controlar as circunstâncias. Nem conseguimos controlar o que as pessoas nos dizem ou o que falam sobre nós. Não conseguimos controlar todos os acontecimentos que aparecem em nosso caminho, mas podemos controlar nossa reação a eles.

terça-feira, 27 de dezembro de 2022

Uma Segunda Chance

"A palavra do Senhor veio a Jonas pela segunda vez com esta ordem: 'Vá à grande cidade de Nínive e pregue contra ela a mensagem que eu vou dar a você'" (Jonas 3:1-2) 
 
Jonas provavelmente se perguntou se Deus o usaria novamente. E, claro, o Senhor não era obrigado a fazê-lo. Mas Deus amou Jonas. E Deus dá segundas chances.

A passagem acima mostra que o Senhor deu uma segunda chance a Jonas.

Deus também deu a Adão e Eva, nossos primeiros ancestrais, uma segunda chance. Eles foram estritamente advertidos a não comer do fruto proibido. Mas eles o fizeram. Como resultado, o pecado entrou no mundo.

Deus poderia ter dito: “É isso. Vou começar de novo.”

No entanto, o que encontramos no capítulo 3 de Gênesis? Lemos: "Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim. Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: 'Onde está você?'" (Gênesis 3:8-9).

Deus ainda ansiava por comunhão com Seu filho rebelde.

Além disso, Deus deu ao rei Davi uma segunda chance depois que Davi cometeu adultério e assassinato (que ele cometeu para encobrir seu adultério). Quando o profeta Natã o confrontou, ele se arrependeu. E Deus lhe deu uma segunda chance.

Sansão tinha muito a seu favor. Ele cometeu feitos incríveis de força como um super-herói. Mas ele caiu em pecado e se envolveu em todo tipo de imoralidade. Por fim, seus inimigos o capturaram e arrancaram seus olhos. Mas então a Bíblia nos dá este detalhe sobre Sansão em Juízes 16:22: “Mas, logo o cabelo da sua cabeça começou a crescer de novo." Deus lhe deu uma segunda chance.

Isso deve dar esperança a quem sente que precisa de uma segunda chance na vida. Deus dá segundas chances.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2022

Um Modelo de Fé

"Mesmo assim não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus" (Romanos 4:20)

Eu gosto do Natal. Só não preciso de três meses disso. Neste período, é grande a pressão comercial para comprar, comprar e comprar.

Por outro lado, gosto do Dia de Ação de Graças. Não há pressão para comprar. Além de comer peru e tudo o que o acompanha, o mais importante é agradecer.

Isso é algo que os cristãos devem fazer o ano todo. Independente das circunstâncias. Damos graças porque Deus é bom.

Abraão é um modelo de como ter fé quando as coisas parecem sombrias. Ele deu graças a Deus antes de ter a resposta à sua oração. Ele tinha 100 anos e não havia indícios de uma criança em seu futuro. No entanto, ele ainda deu glória a Deus.

Da mesma forma, o que acontece quando nós, pela fé, damos graças a Deus apesar de nossas circunstâncias? Nossa fé ficará mais forte. Romanos 4:20 nos diz: “Mesmo assim não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus.”

Abraão creu, apesar das circunstâncias. Você está em um lugar agora onde precisa de um milagre em sua vida? Em outras palavras: se Deus não se manifestar para você, você estará muito mal?

Tenho uma palavra de encorajamento para você hoje: não desista. Veja a situação em que os israelitas se encontravam depois que Moisés os conduziu para fora do Egito. À frente deles estava o Mar Vermelho, e atrás deles estava o exército egípcio em perseguição. E eles entraram em pânico.

Moisés orou, Deus abriu o Mar Vermelho e eles atravessaram. E o mesmo Mar Vermelho por onde eles passaram desabou sobre o exército que os perseguia.

Talvez você esteja entre a cruz e a espada hoje. Deus pode lhe ajudar. Portanto, não desista.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2022

Um Exemplo em Qualquer Idade

"Por isso o Senhor mesmo dará a vocês um sinal: a virgem ficará grávida, dará à luz um filho e o chamará Emanuel" (Isaías 7:14)

A Bíblia está repleta de histórias de jovens que fizeram a diferença. Jeremias era apenas um menino quando o Senhor o chamou para ser um profeta para a nação. Ele protestou e disse que era muito jovem. Ele queria que o Senhor escolhesse outra pessoa.

Sabemos que Sadraque, Mesaque e Abednego eram muito jovens quando assumiram sua posição de lealdade à verdade.

Estevão, o primeiro mártir da igreja, também era muito jovem.

É por isso que o apóstolo Paulo escreveu ao jovem Timóteo: “Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza” (1 Timóteo 4:12).

Muitas vezes eu olhava para esse versículo quando estava começando no ministério, porque eu era muito jovem e as pessoas me desconsideravam. No entanto, Deus me chamou e então eu fiz o que Ele me chamou para fazer. Acho que, quando jovem, você está mais disposto a correr riscos. Isso é uma espécie de marca registrada da juventude. Mas que também pode causar problemas.

À medida que envelhece, no entanto, você se torna mais maduro e experiente, mais cuidadoso e atento. Você está menos disposto a correr riscos. Isso pode ser bom, porque aprendeu com a experiência. Mas isso também pode ser ruim, porque você não está disposto a deixar o Senhor fazer algo novo e puro em sua vida.

Maria, a mãe de Jesus, era muito jovem, uma ninguém em uma cidade no meio do nada. No entanto, ela foi literalmente o cumprimento de uma promessa que Deus havia feito (veja Isaías 7:14). Essa garota desconhecida que vivia em uma cidade relativamente desconhecida, trouxe o evento mais conhecido da história da humanidade.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Um Passe de Acesso Irrestrito

"Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo" (Romanos 5:1)

Um estudo de 2018 sobre o uso de mídias sociais por adolescentes descobriu que menos de um terço dos adolescentes hoje prefere uma conversa pessoal. Em vez disso, os demais preferem enviar mensagens de texto ou usar algum outro meio digital para se comunicar.

Quando você é amigo de alguém, está constantemente conversando com essa pessoa. Talvez fale ao telefone, pessoalmente ou por meio de mensagens de texto, mas é uma conversa contínua que prossegue ao longo do dia. E que você mantém no dia seguinte.

Sério, amizade é isso. Amigos se comunicam uns com os outros. Os amigos gostam de passar tempo uns com os outros. Da mesma forma, Deus quer que você se comunique com Ele. Ele está sempre lá, pronto para lhe ouvir e pronto para falar com você.

Como surgiu essa incrível amizade com Deus? Temos amizade com Deus porque Jesus a tornou possível. Não há nada que possamos fazer (ou tenhamos feito) para merecê-la. Temos essa amizade com Deus porque Jesus a possibilitou.

Romanos 5:1 nos diz: "Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo".

Esta amizade com Deus nos traz paz pessoal. No primeiro Natal, o anjo disse: "Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens aos quais ele concede o seu favor" (Lucas 2:14). A paz com Deus cuida do nosso passado. Ele não mais usa nossos pecados contra nós.

Além disso, temos acesso a Deus. Podemos ir até Ele a qualquer momento. Romanos 5:2 diz: "Por meio de quem obtivemos acesso pela fé a esta graça na qual agora estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus".

Porque Jesus veio a esta terra, por causa do que Ele fez por nós, temos acesso total a presença de Deus.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

O Porquê do Natal

"Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido" (Lucas 19:10)

Ao nosso redor há lembretes de que o Natal está aqui. Francamente, parece ficar mais cedo a cada ano. Acho que até vi decorações de Natal à venda em agosto.

Mesmo assim, adoro ouvir aquelas ótimas canções cristãs de Natal sendo tocadas onde quer que eu vá. De repente, ouço o nome de Jesus em público e há algo muito especial nisso.

Nesse mês falamos muito sobre onde e o quê em torno do nascimento de Jesus. Mas quero me concentrar por um momento no por quê. Jesus nasceu em um estábulo em Belém para nos salvar de nossos pecados.

Na verdade, Jesus revelou a um homem chamado Zaqueu a razão pela qual Ele veio a esta terra. Quando Jesus apareceu em Jericó, foi um grande acontecimento. Zaqueu não conseguia enxergar por cima da multidão, mas ninguém queria nada com ele porque era um cobrador de impostos. Isso significa que ele se aproveitava das pessoas. Ele efetivamente as roubava. Portanto, ele não tinha sequer um amigo na cidade.

Então Zaqueu subiu em uma árvore para ter uma visão de Jesus. Imagine seu choque quando Jesus parou, olhou para cima e o chamou pelo nome. Jesus disse: “Zaqueu, desça depressa. Quero ficar em sua casa hoje” (Lucas 19:5).

Afinal, como você pode alcançar um pecador se não passar algum tempo com ele? Naquele dia, Zaqueu entrou em sua casa como um pecador e saiu como um santo. E é isso que o passar tempo com Jesus fará.

Lá na casa de Zaqueu, Jesus revelou a razão pela qual Ele veio. Ele disse: “Hoje houve salvação nesta casa! Porque este homem também é filho de Abraão. Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido” (Lucas 19:9-10).

É por isso que Jesus veio - para buscar e salvar pessoas perdidas.

terça-feira, 20 de dezembro de 2022

Promessas Cumpridas

"Pois nada é impossível para Deus" (Lucas 1:37)

Não sei você, mas eu recebo alguns vales-presente nessa época do ano. E devo dizer que tenho alguns desses de uma rede de lanchonetes famosa. Embora eu aprecie isso, repassei vários deles para outras pessoas, porque eu pesaria uns 180 quilos se os usasse sozinho!

De acordo com pesquisadores do comércio, entre 10 bilhões a 20 bilhões de reais em cartões-presente não serão utilizados este ano só nos Estados Unidos, porque as pessoas que os ganham simplesmente se esquecem de usá-los dentro do prazo. As promessas de Deus são muito parecidas com vales-presente que não são usados. Ele fez muitas promessas para nós, e precisamos nos apropriar dessas promessas.

Na verdade, o Natal tem muito a ver com promessas.

Voltando ao início, Deus prometeu a Adão e Eva que um Libertador viria um dia. Deus prometeu a Isaías que uma virgem conceberia e daria à luz o Salvador. E Deus prometeu a Maria que ela daria à luz aquele Salvador. O anjo Gabriel até afirmou isso, dizendo: “Pois nada é impossível para Deus" (Lucas 1:37).

Evidentemente, Deus quer que saibamos que Ele cumpre Suas promessas. Ele certamente cumpriu Sua promessa com Maria, e ela ficou surpresa e humilde por Deus tê-la escolhido.

Às vezes, encontro um vale-presente esquecido, de um lugar do qual goste muito. Fico animado por descobrir que tenho esse vale-presente e, ao mesmo tempo,  surpreso por ainda não tê-lo usado!

Assim são as promessas de Deus. Elas estão lá na Bíblia, apenas esperando que delas façamos uso. Mas se não lermos a Bíblia, não conheceremos as promessas de Deus. Precisamos lê-las, acreditar nelas e começar a usufruir essas promessas.

O Natal nos lembra que Deus cumpre as Suas promessas. Você está se apegando às promessas de Deus hoje?

segunda-feira, 19 de dezembro de 2022

Limpeza Prévia Desnecessária

Todos os marinheiros ficaram com medo e cada um clamava ao seu próprio deus. E atiraram as cargas ao mar para tornar mais leve o navio. Enquanto isso, Jonas, que tinha descido para o porão e se deitado, dormia profundamente. (Jonas 1:5)

Os marinheiros nunca tinham visto uma tempestade desse tipo antes. Eles acreditavam em muitos deuses, mas só queriam saber qual deus estava com tanta raiva.

E quando a tempestade piorou, esses marinheiros experientes começaram a surtar. Eles disseram a todos no barco, incluindo o estranho abaixo do convés chamado Jonas, para invocar seus deuses.

Jonas lhes disse: “Eu sou hebreu, adorador do Senhor, o Deus dos céus, que fez o mar e a terra... Peguem-me e joguem-me ao mar, e ele se acalmará. Pois eu sei que é por minha causa que esta violenta tempestade caiu sobre vocês” (Jonas 1:9, 12).

Claro, os marinheiros não queriam fazer isso. Então eles “se esforçaram ao máximo para remar de volta à terra. Mas não conseguiram, porque o mar tinha ficado ainda mais violento.” (versículo 13).

Por fim, eles jogaram Jonas ao mar.

Como aqueles marinheiros frenéticos, às vezes tentamos resolver nossos problemas com nossas próprias forças. Nós dizemos: “Sem problemas! Eu cuidarei disso. Uma ligação para um amigo e terei uma solução. Eu sei como vou resolver isso.” Então nosso problema fica cada vez pior. E eventualmente percebemos que precisamos clamar a Deus sobre isso.

Algumas pessoas pensam que podem se tornar cristãs apenas fazendo coisas boas. Ou, como jogar carga ao mar, eles decidem apenas se livrar de algumas das coisas ruins de suas vidas.

Mas não se trata apenas de limpar um pouco a sua vida. Ser cristão é perceber que não há outra maneira de você ser perdoado de seus pecados, exceto por meio de Jesus Cristo.

Você não limpa sua vida e depois vem a Cristo. Venha a Cristo, e então Ele limpará sua vida.