sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Para Que Servem os Amigos?

"Fuja dos desejos malignos da juventude e siga a justiça, a fé, o amor e a paz, com aqueles que, de coração puro, invocam o Senhor." (2 Timóteo 2:22)

Certa manhã, depois de um dos nossos cultos na igreja, uma jovem se aproximou e perguntou se eu oraria por um relacionamento em que ela estava.

"Que tipo de relacionamento é esse?" Eu perguntei.

"É um relacionamento com um cara."

"Deixe-me fazer uma pergunta. Esse cara é cristão?"

"Bem", ela disse, "eu... acho que sim. Na verdade, não tenho certeza se ele é ou não".

Eu disse: "Sabe de uma coisa? Eu não vou orar para que Deus cure seu relacionamento. Vou orar para que Deus lhe dê coragem para terminá-lo. É isso que precisa acontecer. Você está aqui na igreja e está tendo dificuldades com um cara que não anda com o Senhor."

À medida que conversamos, ficou claro que isso era exatamente o que estava acontecendo. Seu relacionamento estava empurrando-a para trás espiritualmente.

Muitas vezes oramos para que o Senhor conserte algo e Ele dirá: "Você está num lugar ao qual você não pertence. Você está saindo com pessoas com quem você não deveria. Isso está causando muitos dos seus problemas."

Em 2 Timóteo 2:22, lemos: "[...] siga a justiça, a fé, o amor e a paz, com aqueles que, de coração puro, invocam o Senhor." Você está desfrutando da companhia daqueles que invocam o Senhor com coração puro? Ou você está andando com pessoas que estão lhe empurrando para trás espiritualmente?

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Um Medo Saudável

"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; todos os que cumprem os seus preceitos revelam bom senso. Ele será louvado para sempre!" (Salmos 111:10)

Todos nós sabemos o que é ser tomado pelo medo. Sabemos como é a sensação de ter um frio na espinha, a boca seca e os cabelos arrepiados.

O medo tem um amigo próximo conhecido como preocupação. E os dois geralmente trabalham em conjunto. Podemos ser pegos jogando o jogo "E se": E se isso acontecer? E se aquilo acontecer? Na verdade, a pesquisa médica moderna provou que a preocupação pode, na verdade, quebrar a nossa resistência a doenças - e até encurtar as nossas vidas. Charles Mayo, fundador da famosa Clínica Mayo, disse que, embora nunca tenha conhecido alguém que morreu de excesso de trabalho, ele conheceu muitos que morreram de preocupação.

Muitas vezes temos medo das coisas erradas da vida, mas não temos medo das coisas certas. Ou seja: não tememos a Deus, ainda que a Bíblia nos diga que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria.

Mas o que isso significa? Primeiro, deixe-me dizer o que isso não significa. Temer a Deus não significa encolher-se de terror diante d'Ele. Em vez disso, o temor de Deus foi adequadamente definido como um medo saudável de desagradá-lo. Então, se eu pequei, não é o medo do que Deus vai fazer comigo, mas o medo do que eu fiz para Ele. É isso o que é temer ao Senhor.

A coisa notável sobre temer a Deus é que, quando você teme, você não teme mais nada. Por outro lado, se você não teme a Deus, então teme todo o resto.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Enquanto Esperamos

"Enquanto é dia, precisamos realizar a obra daquele que me enviou. A noite se aproxima, quando ninguém pode trabalhar." (João 9:4)

Quando olhamos para o quanto a nossa sociedade é sombria hoje, nós nos perguntamos se podemos realmente fazer alguma diferença. Parece tão esmagador. Parece que a escuridão está se espalhando e a luz está diminuindo. É como a época que Isaías descreveu quando disse: "Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce, amargo." (Isaías 5:20). 

Para ilustrar esse ponto, eu poderia citar filmes que são populares hoje em dia. Celebramos o que a Bíblia diz que é errado e ofensivo a Deus e rimos daquilo que a Bíblia proclama como padrões pelos quais devemos viver. A boa notícia é que o mesmo Espírito Santo que colocou a igreja primitiva em movimento, pode nos usar se estivermos dispostos.

É interessante notar que no primeiro século, a pergunta na mente dos discípulos era: "O fim do mundo está próximo?" Essa mesma pergunta está na mente de muitos hoje. O que Jesus essencialmente disse a Seus discípulos foi: "Este não é o momento para isso. Meu propósito é governar e reinar nos corações das pessoas. Não fiquem tão preocupados acerca de quando vou fazer isso. Em vez disso, preocupem-se com o que vocês devem fazer enquanto esperam."

O mesmo princípio é válido para nós hoje. Não se preocupe com o "quando". Ele retornará quando for a hora certa. Devemos nos comprometer e nos interessar com o que devemos fazer enquanto aguardamos o retorno do Senhor.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Todas as Coisas

"Foi bom para mim ter sido castigado, para que aprendesse os teus decretos." (Salmos 119:71)

Você sabia que tudo que já experimentou e viveu em sua vida até hoje, pode ser usado para algo bom? E isso não significa que você não tenha tido dificuldades. Não significa que coisas ruim não tenham acontecido em sua vida. Mas significa que Deus pode usar tudo isso para algo bom.

Isso inclui experiências em sua infância, sejam elas boas ou más. Inclui também seus pais, sejam eles quem forem. Também inclui a sua educação, o seu emprego atual (ou a falta dele). Deus irá trabalhar em todas as coisas para um propósito bom.

Eu passei por dificuldades quando criança. Vim de um lar que foi afetado muitas e muitas vezes, um lar destruído pelo alcoolismo. Eu não desejaria minha infância para ninguém. Mas Deus a usou para que eu me tornasse quem sou.

Da mesma forma, Deus usou tudo o que você passou para fazer quem você é. Então vivamos em prol do que é bom e aceitemos a promessa de Deus para nós: "Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito." (Romanos 8:28). Em outras palavras: "ainda não acabou!"

Talvez você hoje esteja vivendo um processo em que Deus esteja trabalhando em todas as coisas para o bem. Você não consegue ver ainda. Mas você é uma obra em andamento. Seja paciente. Você tem a palavra de Deus: Ele agirá em todas as coisas para o bem daqueles que o amam e que foram chamados de acordo com o Seu propósito. Deus está trabalhando em todas as coisas para o bem - não só nas boas, mas todas as coisas.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Palavras Sobre Deus

"Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito." (Romanos 8:28)

Sem dúvida, Romanos 8:28 é um dos maiores versículos da Bíblia. É aquele que é reivindicado com bastante frequência pelos crentes, especialmente em tempos difíceis. E assim deve ser.

Mas vamos nos certificar de que atendemos aos critérios do texto: "Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito" (grifo nosso). Você ama a Deus? Você é chamado de acordo com o Seu propósito? Se a resposta for não, Romanos 8:28 não se aplica a você.

Há momentos em nossas vidas quando as coisas parecem desmoronar, quando não fazem sentido algum. Algumas pessoas dirão: "É coisa do destino." Ou, "O que será, será. O que quer que seja, será. O futuro não nos pertence."

É verdade que não podemos ver o futuro. Mas o cristão pode estar confiante de que Deus está no controle e tem um plano piloto para sua vida. Podemos saber que servimos a um Deus soberano que é bom. Como já disse muitas vezes, podemos não saber o que o futuro nos reserva, mas sabemos quem detém o futuro.

A palavra usada aqui para o "bem" não significa necessariamente que o evento em si é bom, mas que seu efeito a longo prazo será útil. Para nós, é difícil imaginar certas coisas funcionando para o bem. A Bíblia não está dizendo que a tragédia é boa. Pelo contrário, está dizendo que Deus pode tomar uma coisa horrível e torná-la boa.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Tudo Para a Sua Glória

"Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." (1 Coríntios 10:31)

Um dos meus filmes favoritos é "Carruagem de Fogo", a história de Eric Liddell, um cristão firme e heróico da Escócia que competiu na Olimpíada de Paris de 1924, ganhando medalhas de ouro e bronze nas corridas de 400 e 200 metros, respectivamente.

Durante uma cena do filme, a irmã de Eric, Jenny, também uma cristã comprometida, estava chateada porque o seu irmão estava competindo. Ela achava que ele estava perdendo tempo e lembrou a Eric que Deus o fez para Si mesmo.

Eric disse a ela: "Jenny, você precisa entender. Acredito que Deus me fez com um propósito - para a China. Mas Ele também me fez veloz. E quando eu corro, sinto que O agrado." No desenrolar da história, ele glorifica a Deus com sua atitude nas Olimpíadas.

O que quer que façamos, devemos procurar glorificar a Deus, seja na área acadêmica, esportiva, comercial ou qualquer outra. Devemos fazê-lo de maneira a trazer glória ao Deus que nos criou. Como 1 Coríntios 6:19-20 nos lembra, "Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês."

Você pode servir a Deus e glorificá-Lo em tudo o que Ele lhe chamou para fazer. Todo mundo tem habilidades que foram dadas por Deus. Então você pode glorificá-Lo como um trabalhador da construção civil. Você pode glorificá-Lo na medicina. Você pode glorificá-lo em esportes profissionais. Você pode glorificá-lo no design gráfico. Seja o que for que você faça, você pode trazer glória a Ele.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Nosso Médico Grandioso

"Ouvindo isso, Jesus lhes disse: 'Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores'." (Marcos 2:17)

Vale a pena notar que todas as pessoas com quem Jesus teve conversas ou contato, estavam em uma situação diferente. E Ele lidou com cada uma delas de forma diferente. Isso porque Ele reconheceu que, embora todos nós compartilhemos muitos dos mesmos problemas e necessidades básicas, todo homem, mulher e criança é um indivíduo único, com necessidades únicas.

Em seus encontros com as pessoas, Jesus era como um médico. Ele basicamente dizia: "Quero que você saiba que eu não vim para trazer os justos ao arrependimento, mas os pecadores. Porque aqueles que estão íntegros não precisam de um médico."

Acho que o mais difícil de ser médico deve ser ver as pessoas, na maioria das vezes, apenas quando elas estão doentes! Eles geralmente não têm seus pacientes parando e dizendo: "Ei, doutor, estou me sentindo bem, eu só queria te dizer isso. Quer ir almoçar?" Você geralmente não liga para o seu médico quando está se sentindo 100%. Você liga quando está se sentindo mal e o seu médico pede que você vá ao consultório dele, seja examinado e tome o remédio específico à sua necessidade.

Jesus é o grande médico. Ele veio curar os quebrantados de coração, pregar libertação aos cativos, dar visão aos cegos e liberdade aos oprimidos. Ele já determinou as suas áreas precisas de necessidade, sejam elas quais forem, e Ele vai lhe ajudar como um indivíduo.