sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Fazendo a Coisa Certa

"Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem." (1 Timóteo 4:16)

De vez em quando alguém vem e diz que os crentes podem ter grandes experiências com o Espírito Santo, como rir descontroladamente ou imitar sons de animais. Eis a minha resposta: "Desculpe-me, onde está isso na Bíblia?"
Porque se eu não posso encontrar isso na Bíblia, então, sinceramente, não estou interessado.

Se algo não está na Palavra de Deus, não é de Deus. Devemos sempre ser capazes de ter uma base bíblica para o que estamos fazendo, de tal maneira que possamos dizer: "Olha aqui o que está escrito no livro de Atos, o que dizem as epístolas" e assim por diante.

Quando alguém afirma ser um profeta de Deus com uma nova revelação para a Igreja, a qual não foi ainda revelada, basta lembrar que, se ela é nova, não é verdadeira. E se for verdadeira, não é nova. Não estou à procura de uma nova revelação; tenho mais do que o suficiente na Bíblia.

No entanto, há pessoas que hoje estão à procura de "novas palavras do Senhor", quando, na verdade, nunca sequer leram a Palavra de Deus escrita, a Bíblia. Há muito nas Escrituras com o que nos ocupar. Portanto, não procure por novas revelações. Em vez disso, olhe para as Escrituras e sempre tenha uma base bíblica para tudo o que você diz e faz.

Assim como um artista sabe como usar suas canetas e seus pincéis (e hoje em dia, seus softwares), ou assim como um soldado sabe como usar suas armas, precisamos saber como usar a Palavra de Deus.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Seguindo o Modelo

"Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo." (Colossenses 1:28)

Meu objetivo nunca foi ter uma grande igreja. Mas, sempre foi  o de ter uma igreja bíblica e uma igreja forte. O crescimento cabe a Deus.

Nem toda igreja será uma igreja grande, mas toda igreja deveria ser uma igreja em crescimento. No último dia, Jesus não vai dizer: "Muito bem, servo bom e bem sucedido. A propósito, quantos projetos você estava gerenciando?" Ao contrário, Ele vai dizer: "Muito bem, servo bom e fiel".

Acredito que a igreja existe por três razões: a exaltação de Deus, a edificação dos crentes e a evangelização do mundo. Outra maneira de pensar sobre isso é: para cima, para dentro e para fora.

Para cima. A igreja existe para a exaltação de Deus. Esta ideia pode vir como uma revelação para algumas pessoas que pensam que ela existe para encontrar a felicidade pessoal. A Bíblia diz: “Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos?” (1 Coríntios 6:19)

Para dentro. A igreja existe para a edificação de outros crentes. O apóstolo Paulo disse que seu objetivo não era apenas evangelizar, mas advertir os crentes, ensinar-lhes a sabedoria que Deus lhe dera e apresentá-los para Deus amadurecer a relação deles com Cristo (ver Colossenses 1:28).

Para fora. A Igreja é chamada a evangelizar o mundo, o que é a consequência natural de exaltar a Deus e edificar outros crentes. Ovelhas saudáveis vão se reproduzir.

A igreja não deve enfatizar um desses aspectos em detrimento de outro ou trocá-los de ordem. Não devemos personalizar a igreja. Devemos seguir o modelo original que Jesus nos deu.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Fazendo a Nossa Parte

"À medida que se aproximam dele, a pedra viva — rejeitada pelos homens, mas escolhida por Deus e preciosa para ele — vocês também estão sendo utilizados como pedras vivas na edificação de uma casa espiritual para serem sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais aceitáveis a Deus, por meio de Jesus Cristo." (1 Pedro 2:4-5)

Quando viajo pelo mundo fico surpreso sobre como há uma ligação especial entre os seguidores de Jesus Cristo. Transcende outros tipos de laços, até mesmo nacionalidades. Posso sentar com pessoas de diferentes países e, apesar de vermos o mundo de forma ligeiramente diferente e de não concordarmos em todos os pontos relacionados a política, concordamos com o fato de que Jesus Cristo é o Salvador do mundo e que Ele mudou nossas vidas.
Somos parte do corpo de Cristo, que a Bíblia denomina "igreja".

Não há nada que o mundo ofereça que se assemelhe à igreja. A igreja pode ser criticada, mas não possui concorrência. Não há nada em qualquer lugar do mundo comparável à igreja de Jesus Cristo.

No livro de Atos, temos a história da igreja que mudou o mundo, que causou grande alvoroço no seu tempo. O sucesso daquela igreja estava no fato de que todo cristão acreditava que havia recebido um chamado para fazer parte desta igreja. Toda pessoa era importante.

Da mesma forma, na igreja de hoje todo homem e mulher é o que a Bíblia chama de “pedra viva”: “vocês também estão sendo utilizados como pedras vivas na edificação de uma casa espiritual para serem sacerdócio santo, oferecendo sacrifícios espirituais aceitáveis a Deus, por meio de Jesus Cristo”. (1 Pedro 2:5)

É fácil ficar de fora disso, somente criticando a igreja. É fácil dizer: “Eles não fazem isso corretamente”, “Eles não fazem aquilo que deveriam”.
Mas é bem diferente quando você participa. É diferente quando você está “na arena”, “lutando”, quando você efetivamente faz parte da igreja.

Assim como Jesus está totalmente comprometido com a igreja, nós também devemos estar.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Poder de Permanência

"Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e sempre." (Hebreus 13:8)

Estamos vivendo num tempo descrito como Era Pós-moderna. E nos círculos da igreja há vários relatos de como alcançar a Geração Pós-moderna. Mas o evangelho não muda, seja para a Cultura Antiga, Moderna, Pré-moderna, Pós-moderna ou o Pós-pós-moderna. O evangelho nunca vai mudar.

Às vezes, em nossas tentativas de nos relacionarmos, nos tornamos mais fracos que as pessoas que estamos tentando alcançar. Elas nos impõem sua maneira mais do que nós lhes mostramos o nosso caminho. Então, precisamos ter muito cuidado. A verdade é que você sabe que Jesus andava com os pecadores... Sim, Ele tinha muito contato com eles. Mas Ele andava com Seus discípulos na maior parte do tempo. E quando Ele entrou em contato com os pecadores, eles foram mudados.

Ele conversou com a mulher samaritana, mas também a confrontou sobre o seu pecado e ela tornou-se uma crente naquele mesmo dia. Ele não disse: "Ei, isso é legal. Deixa prá lá! Vamos simplesmente sair." Quando Ele falou com a mulher que foi apanhada em adultério, ressaltou o que ela tinha feito de errado e ela se rendeu ao Seu senhorio. Quando Ele foi um dos convidados na casa de Zaqueu, o cobrador de impostos, o homem corrupto foi transformado.

Quando Jesus passava um tempo próximo de pecadores, eles eram mudados. E é isso que sempre devemos querer fazer quando buscamos alcançar os incrédulos com o evangelho. Queremos trazê-los à fé em Cristo e não acabar como eles. Devemos ter cuidado para que eles não nos alterem. Porque quando baixarmos nossa guarda para aumentar o nosso alcance, podemos acabar não chegando a lugar algum.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pregue a Palavra

"Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina." (2 Timóteo 4:2)

Nos primeiros séculos pode ter sido uma verdadeira tentação para a igreja dizer: "Queremos experimentar o Pentecostes todos os dias. Queremos mais fenômenos sobrenaturais."
Mas ao invés disso, o que os vemos fazendo era somente revelando a Palavra de Deus.

O que é verdade sobre a igreja, também é verdade das pessoas, porque a igreja é composta de pessoas. Um interesse e desejo de estudar a Palavra de Deus é importante, porque uma das tendências que vejo na igreja hoje é desconsiderar o estudo da Bíblia, é não mais fazer do estudo da Bíblia a peça central de um culto na igreja. Em vez disso, alguns afirmam que é um pouco arrogante você dizer que entende o que a Bíblia ensina. Eles preferem discutir suas dúvidas pessoais, falar sobre as coisas que os incomodam sobre a igreja evangélica e examinar as jornadas espirituais de Bob Dylan, Bono Vox e Johnny Cash.

No entanto, lemos na Bíblia que a igreja primitiva amava a Palavra de Deus e que valorizava a pregação e doutrina dos apóstolos. E há algo maravilhoso que acontece quando a igreja estuda a Bíblia. É ótimo estudar sozinho, mas é especialmente benéfico quando os crentes se reúnem para estudar as Escrituras.

Aprecio a mídia cristã. Temos pessoas de todo o mundo que nos dizem como os nossos programas de rádio, site, emails e outras formas de comunicação realmente as ajudam. Sou grato por isso, mas também espero que estas formas sejam complemento ao seu envolvimento com a igreja. Nada pode tomar o lugar do envolvimento com outros crentes para ouvir e estudar a Palavra de Deus, seja na igreja ou em grupos de estudo na casa de irmãos na fé.

Deus ordenou a pregação como função principal da igreja. E aqueles que são chamados para pregar são chamados para pregar a Palavra de Deus.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Deixando Deus Conduzir

"Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito" (Efésios 5:18)

Na vida cristã, muitas vezes tentamos fazer com nossas próprias forças o que Deus nos chamou a fazer. Pensamos: "Tenho que guardar os mandamentos de Deus e resistir à tentação e amar meu cônjuge..." É difícil.

Mas quando dissermos: "Senhor, não consigo fazer isto sozinho; peço apenas que seu Espírito Santo me encha e me ajude a fazer essas coisas", aí perceberemos que fazer o que Deus nos manda pode na verdade ser um deleite, em vez de apenas um dever.

A Bíblia diz: "Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito" (Efésios 5:18). A palavra "encher" usada aqui tem múltiplos sentidos, dentre os quais o do vento encher uma vela de barco. Então ser enchido pelo Espírito significa ser carregado por Jesus, sob Seu controle. A palavra "encher" neste versículo também fala de algo que é contínuo. Então de fato esse versículo está dizendo: "Estejam cheios, e de novo e de novo e de novo e de novo, com o Espírito Santo".

Outro modo como a palavra "encher" poderia ser traduzida é "permear", tal como o sal vai na carne para conservá-la. Então "deixem-se encher pelo Espírito" significa que devemos deixar o Espírito Santo permear as nossas vidas e tudo o quanto fazemos.
Deixe o Espírito Santo permear a sua vida de oração, a sua vida de louvor, o seu trabalho, o seu casamento, e o modo como você trata os outros.

Então um bom hábito para se desenvolver é o de levantar de manhã e dizer: "Senhor, encha-me com o Espírito hoje. Ajude-me a ser permeado pelo Espírito. Ajude-me a ser conduzido pelo Espírito. Ajude-me a obedecer o que o Espírito me conduz a fazer."

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Poder Para Mudar o Mundo

"Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra". (Atos 1:8)

Existem pessoas hoje em dia que vivem estudando as profecias na tentativa de descobrir a data do retorno de Jesus. Outras anunciam a descoberta de códigos secretos na Bíblia, os quais ninguém até então havia percebido.

Como estudioso das profecias bíblicas, acredito estar vendo os sinais dos tempos acontecerem e profecias bíblicas serem cumpridas bem diante dos meus olhos. Mas, como Jesus disse: "Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai" (Mateus 24:36).

Então, ao invés de nos focarmos na data em que Jesus vai voltar, devemos nos concentrar no que fazemos enquanto aguardamos o seu retorno. Antes de Sua ascensão, Jesus deu suas ordens para a igreja:

"Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo ensinando a esses novos discípulos a obedecer a todos os mandamentos que eu te dei e tenha certeza disso: Estou sempre com vocês, até o fim dos tempos." (Mateus 28:19-20)

Os apóstolos não estavam prontos de modo algum para tal tarefa. Como eles poderiam "fazer discípulos de todas as nações"? Eles iriam fazê-lo com um poder que jamais haviam conhecido antes: o poder de mudar o mundo.

Jesus lhes disse: "Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra." (Atos 1:8).
Esse mesmo poder está disponível para nós hoje: poder de compartilhar a nossa fé. Poder de fazer o que Deus nos chamou para fazer. Poder de mudar o nosso mundo.