sexta-feira, 24 de março de 2017

Não "Quando", Mas Sim "O Que"

"Então os que estavam reunidos lhe perguntaram: 'Senhor, é neste tempo que vais restaurar o reino a Israel?'" (Atos 1:6)

Os discípulos eram improváveis candidatos ​​a homens que mudariam o mundo. Pelos padrões do mundo, eles não eram o que chamaríamos de referências. Eles eram em grande parte sem instrução, com poucas habilidades para interagir socialmente, com um conhecimento muito limitado do mundo, além de outras limitações. Mas Deus os mudou e os usou.

E esse grupo questionável estava ali, agindo para mudar o mundo. Suas esperanças haviam sido destruídas pela crucificação, mas tinham sido renovadas pela ressurreição. Eles haviam acreditado que Jesus derrubaria o Império Romano e que estabeleceria o Seu reino na Terra. Mas em vez de usar uma coroa de ouro, Ele usou uma coroa de espinhos, quando morreu pelos pecados do mundo. Assim, após a ressurreição, os pensamentos dos discípulos retornaram ao velho plano: "Senhor, é neste tempo que vais restaurar o reino a Israel?" (Atos 1: 6).

A resposta de Jesus nos serve para os dias de hoje: "Não lhes compete saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade. Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra" (versículos 7-8). Um dia Cristo voltará. Um dia haverá paz na terra. Mas esse dia ainda não chegou.

Ao olhar para o nosso mundo agora, nós nos perguntamos quando o Senhor voltará para estabelecer o Seu reino na terra. Acho que a resposta de Jesus aos Seus discípulos seria basicamente a mesma hoje. Sua mensagem para eles e, na verdade, para nós também, é: não se preocupe tanto com quando isso vai acontecer, mas sim com o que você deve fazer.
Link para o texto original

quinta-feira, 23 de março de 2017

Provas Infalíveis

"Em meu livro anterior, Teófilo, escrevi a respeito de tudo o que Jesus começou a fazer e a ensinar, até o dia em que foi elevado ao céu, depois de ter dado instruções por meio do Espírito Santo aos apóstolos que havia escolhido. Depois do seu sofrimento, Jesus apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando-lhes acerca do Reino de Deus." (Atos 1:1-3)

O Cristianismo não é um sistema de crenças que tem como objetivo fazer você se sentir bem, que pede que você deixe seus cérebro do lado de fora da porta e acredite em um conto de fadas equivocado. Em vez disso, o cristianismo é baseado em evidências confiáveis ​​e documentadas da vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, justificando assim Suas pretensões e promessas.

Claramente há um elemento de fé que é necessário para ser um crente. Mas também é importante para nós sabermos que nossas crenças são construídas sobre fatos claros. Atos 1:3 nos diz que Jesus "apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando-lhes acerca do Reino de Deus." A palavra grega usada aqui para "prova" inclui a ideia de algo que convence.

Alguns, que datam dos primeiros dias da igreja, disseram que Jesus nunca ressuscitou dos mortos. Alguns disseram que os discípulos estavam alucinando quando viram Jesus, ou inventaram a história sobre a ressurreição de Jesus dentre os mortos.

Mas Lucas, que escreveu o que conhecemos como o livro de Atos, estava dizendo desde o início: "Tenho provas". Novamente, no grego original, o significado de "apresentou-se a eles" em Atos 1:3 refere-se ao testemunho ocular. Assim, outra maneira de traduzir isso seria dizer que os discípulos "testemunharam visualmente" Jesus por 40 dias.

Alguma vez você já foi observado por alguém? Eles só olham para você, encarando. Os discípulos olharam para Jesus. Ele não fez apenas uma ou duas aparições pós-ressurreição. Ele aparecia por toda parte. Eles O viram de novo e de novo.

E quando você vê alguém se levantar dos mortos, bem, as coisas simplesmente não são mais as mesmas. Os discípulos foram transformados e eles não puderam guardar isso para si. Eles saíram e mudaram seu mundo.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Chamado a Fazer a Sua Parte

"Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo." (1 Coríntios 12:27)

O livro de Atos cobre um período de 30 anos de história, lembrando-nos que, na maior parte deles, aqueles crentes do primeiro século se levantavam pela manhã e simplesmente andavam na fé e procuravam o Senhor. E Deus interveio de maneiras milagrosas e surpreendentes.

Encontramos também no livro de Atos três ingredientes vitais na maneira como Deus trabalhou. Foi o Espírito de Deus trabalhando através da Palavra de Deus nos corações do povo de Deus.

No Dia de Pentecostes, havia somente 120 crentes reunidos no momento em que o Espírito Santo foi derramado. Seu mundo era tão ruim quanto o nosso e, de certa forma, talvez pior. Viviam sob a jurisdição do Império Romano sem Deus. A imoralidade era desenfreada. Em cidades como Corinto, as prostitutas andavam abertamente pelas ruas. A religião era corrupta. A idolatria, o espiritismo e o culto demoníaco eram abertamente praticados. Em todos os lugares para onde os cristãos do primeiro século foram, eles foram ridicularizados, confrontados, perseguidos e fisicamente agredidos por suas crenças. Porém nesses trinta anos, os 120 crentes originais e seus convertidos mudaram uma boa parte do mundo.

Além disso, eles fizeram isso sem um monte de coisas que nos auxiliam hoje. Eles não tinham magníficas megaigrejas ou tecnologia moderna à sua disposição. O apóstolo João não tinha um programa de televisão. Tomás não tinha página no Facebook. Pedro nunca tuitou. No entanto, de alguma forma, eles foram capazes de impactar seu mundo para melhor.

Qual era o segredo deles? Todo cristão acreditava que era chamado a fazer a sua parte. E acho que este ainda é o segredo hoje. Você tem um papel a desempenhar. Eu tenho um papel a desempenhar. Então, precisamos nos perguntar: Qual é o meu lugar na igreja? Se começarmos a pensar dessa forma, isso fará uma enorme diferença.

terça-feira, 21 de março de 2017

Poder Transformador

"Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam corajosamente a palavra de Deus." (Atos 4:31)

Anos atrás, ventos de furacão se abateram numa noite sobre uma cidade americana. De manhã as pessoas saíram de seus lares e abrigos para avaliar o estrago. Uma das coisas que encontraram foi um reles canudo de plástico metido num poste telefônico. A tremenda força do vento cravou o canudinho na madeira feito um prego.

Foi isso o que aconteceu no Dia de Pentecostes. O poder do Espírito Santo desceu sobre homens fracos e frágeis e os transformou, de modo que se tornaram poderosas testemunhas de Jesus Cristo. Embora o Pentecostes tenha sido um evento único e irrepetível, o mesmo poder que foi derramado sobre aqueles fiéis está disponível a todo fiel hoje.

Além disso, houve muitas ocasiões no Livro de Atos nas quais o Espírito foi derramado outra vez sobre os fiéis. Quando Pedro discursou para o Sinédrio, lemos que Pedro ficou cheio do Espírito Santo enquanto lhes falava (ver Atos 4:8).

Quando os fiéis eram perseguidos por pregar o evangelho e lhes foi ordenado que parassem, eles oraram por mais ousadia. Atos 4:31 nos conta que, "Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo [...]"

Esse poder desceu sobre Paulo quando ele estava tentando pregar o evangelho mas sofria oposição (ver atos 13:9-10).

Precisamos do poder do Espírito Santo. Precisamos dos dons do Espírito. E precisamos do trabalho do Espírito em nossas vidas.

Pedro, referindo-se ao Espírito Santo, disse: "Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus chamar" (Atos 2:39). Isso fala de nós. Fomos chamados por Deus e esse poder está disponível para nós.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Fundada Por Jesus

"[...] sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la". (Mateus 16:18)

Já notei que se tornou popular ultimamente criticar a igreja. Li que uma igreja fez em 2011 uma campanha de Páscoa em que puseram por toda a cidade cartazes que diziam: "Igreja é um saco". A ideia supostamente era atrair possíveis frequentadores de igreja para o website deles. Mas eu na verdade fiquei ofendido. Como alguém se atreve a dizer que a igreja é um saco? Quem são eles para dizer isso da igreja?

Acho que a igreja é perfeita? Não. Acho que tem defeitos? Sim, pois nela há gente como eu. Mas sei também que a Bíblia diz que Cristo ama a igreja (ver Efésios 5:25). Então nunca criticaria aquilo que Jesus ama.

Alguns estão desiludidos com a igreja hoje. Estão amargurados com ela e reclamam dos hipócritas que estão na igreja. Mas não existe igreja sem hipócritas, então nem adianta procurar. Em vez disso, devemos perceber que Jesus fundou a igreja e, como seguidores de Cristo, havemos de ser parte dela.

A igreja é a única organização que Jesus iniciou. Ele disse a respeito da igreja: "[...] sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la" (Mateus 16:18). Cada fiel precisa ser parte ativa da igreja, pois é na igreja que aprendemos juntos sobre Deus. É na igreja que adoramos a Deus juntos. É na igreja que encontramos responsabilidade uns para com os outros. É na igreja que descobrimos nossos dons espirituais.

Sem você ser parte da igreja, simplesmente não dá para ser o cristão que Deus o chamou para ser.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Redescobrindo a Igreja

"Se alguém fala, faça-o como quem transmite a palavra de Deus. Se alguém serve, faça-o com a força que Deus provê, de forma que em todas as coisas Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo, a quem sejam a glória e o poder para todo o sempre. Amém." (1 Pedro 4:11)

Estamos vivendo em uma época em que algumas pessoas dizem que precisamos de uma nova visão da igreja ou precisamos reinventar a igreja. Mas eu discordo. Acho que precisamos redescobrir a igreja. Não acho que precisamos de uma nova versão dela, mas sim voltar à versão original que Jesus estabeleceu. 

A igreja original é a que mudou o mundo. Foi a igreja que virou o mundo de cabeça para baixo. Não sei se podemos dizer o mesmo sobre a igreja de hoje. Parece-me que o mundo de hoje é que está virando a igreja de cabeça para baixo. 

Acho que a resposta é chegar o mais perto possível da fundação original e do modelo de igreja que Jesus estabeleceu. Este é o projeto original de Deus para a igreja. 

Meu objetivo como um pastor experiente não é ter uma igreja grande. É ter uma igreja forte, ou, melhor ainda, uma igreja bíblica. Dito isto, é preciso haver crescimento da igreja e acho que o melhor tipo de crescimento se dá pela adição de novos cristãos.

Uma tendência em muitas igrejas hoje é a de ser relevante para a sociedade. Sou a favor disso, mas não acredito em relevância às custas da reverência. Ainda é preciso ser uma igreja conforme o significado original. Quando falo na igreja, não estou lá para entreter ou para dar a minha filosofia pessoal ou opiniões políticas. Estou lá para ensinar a Palavra de Deus e para chamar pessoas para Jesus Cristo.

Acho que, às vezes, estamos nos esforçando tanto para ser legais, que nos esquecemos de ser bíblicos. Vamos manter intacta a integridade da nossa mensagem.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Comece Onde Você Está

"Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra." (Atos 1:8)

Algumas pessoas querem ir a outros países e ser missionárias para Cristo, o que é bom. Mas, que tal começar atravessando a rua e conversando com o seu vizinho?

Algumas pessoas dizem: "Quero estar no ministério". Sabe o que é "ministério"? É o serviço para o Senhor.

Jesus disse: "e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra" (Atos 1:8). Foi assim com os discípulos e é assim que funciona para nós. É uma estratégia para o evangelismo. Eles deveriam começar em Jerusalém, onde estavam. Em seguida iriam para perto da Judéia e Samaria e então o resto do mundo.

Eis o que Deus está dizendo na realidade: Se você quer alcançar o mundo, comece com o seu mundo. Quando você pensa em ir a todo o mundo e pregar o evangelho, isso é uma tarefa assustadora, não é? Mas que tal ir para o seu mundo e pregar o evangelho? 

Conheço um grupo interessante de pessoas. Elas são pequenas em estatura. Elas têm muita energia. Elas têm um curto período de atenção, mas são muito abertas à Palavra de Deus. Elas são chamadas crianças. Elas podem ser encontradas em salas de escola dominical e estão em necessidade de pessoas para ajuda-las a aprender. 

Você pode pensar: estou procurando o grande chamado de Deus para a minha vida. Mas que tal fazer algo simples? Que tal compartilhar Jesus enquanto você faz as suas atividades rotineiras? Por que não começar com as pessoas que vivem perto de você? Que tal começar com a sua família? E os seus colegas de trabalho? Ou os estudantes da sua escola? É onde começa. Simplesmente comece onde você está.