sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

O Extraordinário Poder das Pessoas Comuns

"Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração [...]" (2 Crônicas 16:9)

Ao longo das Escrituras e ao longo da história da igreja cristã, descobrimos que Deus fez coisas inesperadas com pessoas inesperadas. Ele fez coisas muito incomuns por meio de pessoas comuns. A Bíblia nos diz: “Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração [...]” (2 Crônicas 16:9). Este versículo não diz que Deus está procurando homens e mulheres fortes; diz que Deus está procurando pessoas que Ele possa fazer forte. Como já disse muitas vezes, Deus não está procurando habilidade tanto quanto procura por disponibilidade.

Quando Deus estava procurando um homem para liderar a nação de Israel, quem Ele escolheu? Ele escolheu um menino chamado Davi, que cuidava de um rebanho de ovelhas. Quando Deus quis que alguém liderasse um exército para derrotar os midianitas, os inimigos de Israel, quem Deus escolheu? Ele escolheu um homem covarde chamado Gideão, que não conseguia nem reunir coragem para se mostrar publicamente.

É quase como se o Senhor se esforçasse para escolher alguém certo, para então levantá-lo. Assim as pessoas terão que recuar e dizer: "Isto é obra do Senhor".

Uma coisa está clara nas Escrituras: os indivíduos que Deus encontrou para realizar a Sua obra não pareciam necessariamente ser muito importantes. Ele escolheu pessoas que, à primeira vista, nem pareciam capazes de executar a tarefa em questão.

Você seria uma pessoa que diria: "Senhor, eu não tenho muito a oferecer. Não tenho um intelecto altíssimo. Não sou um grande orador. Não sou muito talentoso. Mas o que tenho, Senhor, ofereço-te”? Se for sim, você vai ver o que Deus fará.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Alguém de Muito Valor

"Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós" (2 Coríntios 4:7)

Quando pensamos nos apóstolos, pensamos em homens santos de Deus. E, embora fossem talentosos e dedicados, eram também pessoas comuns. Jesus não chamou esses homens porque eram grandes; sua grandeza foi o resultado do chamado de Jesus.

Um grande escritor pode pegar uma folha de papel comum e, com a adição de suas palavras, ela de repente se torna extremamente valiosa. Não era o papel que tinha valor; mas o que o escritor escreveu naquele papel. Um grande artista pode pegar uma tela e pintar, e de repente ela se tornar uma obra de arte cara, por causa do que o artista fez. Não era a tela que tinha valor, mas o que o artista pintou nela.

Como crentes, temos que reconhecer que somos pecadores separados de Deus. Mas também temos que reconhecer que quando Cristo entrou em nossas vidas, Ele nos deu valor. Ele colocou o Seu tesouro em vasos ou potes de barro, que são as nossas vidas. Como 2 Coríntios 4:7 nos diz: "Mas temos este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós."

Com uma nova confiança e ousadia, temos algo a oferecer. Não é autoconfiança; é a confiança de Deus. Não é autoestima; é a estima de Deus. Deus graciosamente nos perdoou e nos levou para o Seu reino, e agora Ele nos fez alguém de valor. Da mesma forma, os apóstolos eram valiosos por causa do que Jesus fez em suas vidas.

Deus escreveu o Seu nome em você quando você entregou sua vida a Jesus Cristo. Ele deu a você dons e habilidades. Ele se inseriu em você. E é daí que vem o seu grande valor. E é por isso que você pode fazer a diferença.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Sem Exceções

"O seu crime a castigará e a sua rebelião a repreenderá. Compreenda e veja como é mau e amargo abandonar o Senhor, o seu Deus, e não ter temor de mim', diz o Soberano, o Senhor dos Exércitos" (Jeremias 2:19)

Qualquer um pode cair. Normalmente ninguém planeja isso. Mas tudo começa quando fazemos pequenas concessões que levam às grandes. E a próxima coisa que você reconhece, é que não está mais no lugar em que deveria estar. A Bíblia nos diz até mesmo que um dos sinais do fim dos tempos, é que alguns se afastarão da fé (veja 1 Timóteo 4:1). Isso pode acontecer a qualquer cristão se precauções não forem tomadas.

Acredito que existam pessoas que são rebeldes e nem mesmo estão cientes disso, porque não entendem o que o termo "rebeldia" significa. É um termo bíblico. Em Jeremias 3:22, Deus diz: "Voltem, filhos rebeldes! Eu os curarei da sua rebeldia." E Jeremias 2:19 diz: "O seu crime a castigará e a sua rebelião a repreenderá." 

Se você está pensando: bem, eu realmente não sei se me rebelei, então aqui está algo para você pensar: A vida cristã é uma vida de progressão. Uma vida de crescimento. Uma vida de mudança constante. Ou você está avançando como cristão ou está retrocedendo. Ou está ganhando terreno ou está perdendo. 

Minha pergunta então é: Você está avançando? Se não estiver, você está potencialmente retrocedendo. E se você não está onde antes estava, então está se desviando. É por isso que precisamos tomar precauções práticas, porque qualquer um pode cair, reincidir num erro. Qualquer um pode se afastar da fé. Não importa há quanto tempo alguém seja cristão. Não importa o quanto da Bíblia memorizou. Não importa se Deus lhe usou no ministério. Qualquer um pode cair. E no momento em que começamos a duvidar, estamos dando um passo em direção a isso.

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Nem Pense Nisso

"O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo" (2 Coríntios 11:3)

É na mente humana que se pode cometer alguns pecados horrorosos. Podemos alcançar o passado com as nossas memórias e o futuro com a nossa imaginação. E, muitas vezes, quando o diabo quer tentar-nos, ele simplesmente nos faz pensar em algo.

"Você não precisa fazer", ele sussurra. "Só pense. Só isso. Não precisa passar disso." Foi assim que Eva foi atingida: Eva, olhe só. Alguma vez já viu uma fruta como essa?

Satanás atacou a mente de Eva. O apóstolo Paulo escreveu: "O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo" (2 Coríntios 11:3).

Por que somos tentados em nossas mentes? Porque é o comando central. É onde raciocinamos. É onde consideramos. É onde até fantasiamos. Onde sonhamos. A Bíblia diz: "As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo" (2 Coríntios 10:4-5).

Primeiro a gente pensa. Depois transfere isso às ações. Depois de um tempo, só pensar não basta. Depois de um tempo, fantasiar não é o bastante. A gente quer passar para a próxima fase. Então a gente começa a flertar. Começa a tocar. Começa a provar. Começa a brincar. E antes que perceba, a gente está envolvido naquilo.

O diabo é sutil. Ele quer que experimentemos. Não lhe dê ouvidos. Ele é um mentiroso.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Não Subestime o Inimigo

"O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente" (João 10:10)

Conta-se a história de um boxeador que foi espancado gravemente numa luta. Ele se inclinou para o treinador e gritou: “Jogue a toalha! Esse cara está me matando!”

O seu treinador gritou de volta: “Não, ele não está! Ele nem está batendo em você! Ele nem mesmo sequer encostou uma luva em você!"

O boxeador atordoado disse: "Então eu gostaria que você olhasse para o árbitro, porque alguém com certeza está me batendo!"

Da mesma forma, a nossa sociedade está sendo atingida. Nossos filhos estão sendo atingidos. E eles nem sabem quem está batendo neles.

Uma das estratégias mais brilhantes que Satanás conseguiu realizar, é convencer as pessoas de que ele não existe enquanto manipula as suas vidas. Ele está ativo. E realmente, essa é a única explicação plausível para a maldade horrível e depravada de que a humanidade é capaz.

Se você acredita na premissa de que as pessoas são basicamente boas, então você tem mais fé do que eu, ou talvez você seja um grande tolo. As pessoas são basicamente más. E o diabo opera por meio da natureza decaída das pessoas, levando-as a praticar o mal.

Deus dá a todos uma escolha na vida chamada de livre arbítrio, a capacidade de dizer sim ou não. Romanos 6:16 diz: “Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça?”

Jesus resumiu de forma sucinta quando disse: "O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente" (João 10:10). Aí está sua escolha na vida: Deus ou o diabo.

Não subestime o diabo. Ele é um inimigo astuto e habilidoso. E ele tem muitos anos de experiência no aperfeiçoamento de seu ofício.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Um Líder Impopular

"E o Senhor disse a Gideão: 'Você tem gente demais, para eu entregar Midiã nas suas mãos. A fim de que Israel não se orgulhe contra mim, dizendo que a sua própria força o libertou..." (Juízes 7:2)

Os israelitas viviam com medo de seus inimigos, os midianitas. Os midianitas eram tão numerosos que são descritos na Bíblia como “enxame de gafanhotos” (Juízes 6:5). Eles estavam por toda parte, e os filhos de Israel estavam em grande desvantagem numérica.

Eles precisavam derrotar os midianitas, mas precisavam de alguém para liderá-los. Então Deus encontrou um homem chamado Gideão. Quando Gideão aparece pela primeira vez em Juízes 6, ele estava se escondendo de seus inimigos, debulhando trigo. Então um anjo do Senhor apareceu a Gideão e disse: "O Senhor está com você, poderoso guerreiro!" (versículo 12).

Posso imaginar Gideão olhando em volta e dizendo: “Oi? Você está falando comigo?" Se havia algo que Gideão não era naquele momento, era um poderoso guerreiro. Mas, por meio de uma série de eventos na vida de Gideão, ele se transformou e se tornou um homem de grande coragem. Ele convocou o povo para a batalha contra os midianitas.

Então um dia o Senhor veio a Gideão e lhe deu uma mensagem que tenho certeza que ele não gostou de ouvir. A mensagem era que o seu exército era muito grande. Talvez Gideão tenha dito: “Você está brincando! Muito grande? Já estamos em menor número e o Senhor diz que somos muito numerosos?!”

Mas Deus não estava brincando. O Seu plano era que ninguém pudesse dizer depois que eles haviam derrotado os midianitas com suas próprias forças. Então, Ele deu a Gideão um teste para os homens que os fez diminuir para apenas 300. E com 300 homens, Deus derrotou os midianitas.

Veja, os nossos números não precisam ser grandes. Deus pode fazer muito com pouco. E Deus pode usar pessoas pequenas para fazer grandes coisas. Você nunca é pequeno demais para Deus poder lhe usar; mas, se confiar muito em si mesmo, pode ser é grande demais.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

É Hora de Ficarmos Firmes

"Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar." (1 Pedro 5:8)

Jesus contou uma parábola sobre um semeador que espalhou algumas sementes, em que parte delas caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu as comeram (Lucas 8:5). Jesus então explicou: "Este é o significado da parábola: A semente é a palavra de Deus. As que caíram à beira do caminho são os que ouvem, e então vem o diabo e tira a palavra dos seus corações, para que não creiam e não sejam salvos" (Lucas 8:11-12).

O diabo estará lá para se opor e atacar. Ele estará lá para tentar interromper o trabalho de Deus na vida do cristão.

Da mesma forma que é certo que Deus lhe ama, também é certo que o diabo lhe odeia. Ele quer o seu pior. Ele quer que você seja consumido por chamas. Ele está descrito na Bíblia "como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar" (1 Pedro 5:8).

O apóstolo Paulo escreveu: "Suporte comigo os sofrimentos, como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou" (2 Timóteo 2:3-4).

Muitos de nós, à medida que percorremos a nossa jornada espiritual, passamos por momentos difíceis. Não queremos isso, na verdade. Não queremos ter que ficar firmes e resistir. De fato, ao primeiro sinal de dificuldade, queremos desistir. "Eu não estava pronto para isso. Isso não é tão fácil quanto eu achei que seria", dizemos.

Mas considere isso: se você realmente seguir o Senhor, você será tentado. Você irá encontrar oposição. Conscientize-se disso e fique preparado.

Você quer fazer a diferença na eternidade? Então é hora de se preparar e ficar firme.