quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Uma Oração Sábia

"Dá, pois, ao teu servo um coração cheio de discernimento para governar o teu povo e capaz de distinguir entre o bem e o mal. Pois, quem pode governar este teu grande povo?" (1 Reis 3:9)

Imagine se Deus viesse até você hoje e dissesse: "Peça o que quiser e eu darei a você." Foi o que aconteceu com Salomão. Mas, como Salomão tinha suas prioridades em ordem, ele respondeu da maneira certa. Ele disse:

"Agora, Senhor meu Deus, fizeste o teu servo reinar em lugar de meu pai Davi. Mas eu não passo de um jovem e não sei o que fazer. Teu servo está aqui entre o povo que escolheste, um povo tão grande que nem se pode contar. Dá, pois, ao teu servo um coração cheio de discernimento para governar o teu povo e capaz de distinguir entre o bem e o mal. Pois, quem pode governar este teu grande povo?" (1 Reis 3:7-9)

A resposta de Salomão agradou a Deus, e Deus deu a ele o que ele pediu. Você pode se perguntar: Deus faria isso por mim? Sim, ele faria. Mas não vamos perder a condição. Jesus disse: "Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido" (João 15:7).

Se você estiver caminhando em estreita comunhão com Deus, e a Palavra d'Ele estiver em seu coração, você orará por coisas que tragam glória a Deus. Mas se estiver orando por coisas auto-indulgentes, será duvidoso manter uma comunhão viva com Ele e ter a Sua Palavra em você.

A oração nos alinha com a vontade de Deus.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

O Conselho de Um Rei

"Agora que já se ouviu tudo, aqui está a conclusão: Tema a Deus e guarde os seus mandamentos, pois isso é o essencial para o homem." (Eclesiastes 12:13)

Antes de Salomão ser proclamado rei, seu pai lhe disse: "E você, meu filho Salomão, reconheça o Deus de seu pai, e sirva-o de todo o coração e espontaneamente, pois o Senhor sonda todos os corações e conhece a motivação dos pensamentos. Se você o buscar, o encontrará; mas, se você o abandonar, ele o rejeitará para sempre" (1 Cronicas 28:9).

Davi estava dizendo: "Meu filho, me ouça. Eu conheço um pouco de como a vida funciona. Eu cometi meus erros, mas também segui ao Senhor e O servi. Você precisa servir a Deus de todo o seu coração. Você não pode viver à sombra da minha fé. Você precisa de sua própria fé."

Inicialmente Salomão seguiu o conselho de Davi. Seu coração não estava inicialmente dividido. Mas então ele começou a se abrir para coisas que não lhe convinham. As coisas foram de mal a pior. Ele iniciou um projeto para conhecer um pouco do que o mundo tinham para lhe oferecer. Salomão fez tudo e experimentou de tudo. No final, essa foi a sua conclusão: "Tema a Deus e guarde os seus mandamentos, pois isso é o essencial para o homem" (Eclesiastes 12:13).

A palavra para medo que Salomão utilizou poderia ser traduzida como "reverência", "respeito" ou "temor". Deus é o Criador do universo. Ele é santo e justo. Temê-Lo significa reverenciá-lo. É um respeito saudável. Salomão estava dizendo: "Reverencie a Deus. Cumpra os Seus mandamentos".

Os mandamentos de Deus são como muretas de proteção na estrada da vida, que nos previnem do perigo. Quando Salomão disse: "Isso é o essencial para o homem", ele estava dizendo "Isso é o que torna o homem íntegro." Se você quiser ser uma pessoa íntegra, você precisa temer a Deus.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

O Sábio Tolo

"Tenho visto tudo o que é feito debaixo do sol; tudo é inútil, é correr atrás do vento!" (Eclesiastes 1:14)

Quando Salomão decidiu pesquisar sobre o comportamento humano, ele procurou a melhor educação disponível na época. No entanto, apesar dessa educação fantástica, ainda havia um vazio em sua vida. Ele escreveu: "Assim eu me esforcei para compreender a sabedoria, bem como a loucura e a insensatez, mas aprendi que isso também é correr atrás do vento" (Eclesiastes 1:17). Salomão buscou sabedoria sem Deus, e isso o deixou vazio.

Logo Salomão abandonou a vida acadêmica e decidiu apenas festejar. E concluiu: "Concluí que o rir é loucura, e a alegria de nada vale" (Eclesiastes 2:2). Em seguida Salomão tornou-se um conhecedor de vinhos e experimentou todo tipo de bebida alcoólica. Mas ele viu como isso também era inútil.

Então Salomão teve outra ideia. Com recursos ilimitados à sua disposição, ele decidiu construir os palácios mais legais e as casas mais luxuosas já vistas. Mas novamente ele experimentou o vazio.

Como Salomão, muitas pessoas hoje em dia acham que Deus não sabe do que está falando. E por isso acabam aprendendo tudo da maneira mais difícil. Quantas pessoas terão que cometer esse mesmo erro? Quantos casamentos a mais serão ainda destruídos? Quantos filhos mais serão privados de ambos os pais? Quantas vidas serão destruídas pelo abuso de álcool e drogas? Quantas pessoas escolherão simplesmente perseguir coisas materiais sem nunca pensar nos outros?

O livro de Eclesiastes é o relato de como Salomão se autodestruiu e aprendeu tudo da maneira mais difícil. Não desperdice a sua vida sendo um sábio tolo, como ele foi.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Nunca Um Hipócrita

"Ele é a Rocha, as suas obras são perfeitas, e todos os seus caminhos são justos. É Deus fiel, que não comete erros; justo e reto ele é." (Deuteronômio 32:4)

Alguns pais ficam aterrorizados quando os seus filhos questionam a autoridade das Escrituras ou fazem perguntas sobre várias coisas nas quais acreditamos como cristãos. Mas não acho que seja tão horrível  assim, quando as crianças começam a fazer perguntas difíceis. O ceticismo não é necessariamente um sinal de que uma pessoa está errada; pode ser um sinal de que ela está pensando.

Os pais cristãos precisam responder às perguntas de seus filhos e ajudá-los a resolver essas coisas. Mais cedo ou mais tarde, as crianças terão que crescer. Elas terão que descobrir por si mesmas quem é Deus.

Se você foi criado em um lar cristão, agradeça a Deus por esse legado. Mas algumas pessoas foram criadas em lares cristãos nos quais havia muita hipocrisia. Talvez seus pais discutissem o tempo todo ou houvesse outros problemas. Isso é muito decepcionante para um jovem, que pode dizer: "Meus pais conversavam sobre Deus o tempo todo e não conseguiam viver isso. É tudo um monte de bobagens." Eles baseiam seus pontos de vista sobre Deus, em seus pais.

Não desculpo pais cristãos que não tenham sido bons exemplos para os seus filhos. O que quero dizer é que, mesmo que a sua mãe ou o seu pai estrague tudo, mesmo que alguém que você admire estrague tudo, não baseie a sua visão de Deus, no que essa pessoa fez ou não fez. Você precisa descobrir por si mesmo quem é Deus.

Deuteronômio 32:4 diz: Ele é a Rocha, as suas obras são perfeitas, e todos os seus caminhos são justos. É Deus fiel, que não comete erros; justo e reto ele é."

Não baseie a sua visão de Deus em alguém que possa deturpá-la. Deus é quem Ele é. Ele é fiel. Ele é perfeito. Ele é impecável. E Ele nunca será um hipócrita.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Não é Como Parece

"O homem bom obtém o favor do Senhor, mas o homem que planeja maldades o Senhor condena" (Provérbios 12:2)

Quando Maria derramou um frasco de óleo caro e perfumado em Jesus, nem todos apreciaram o seu sacrifício e generosidade. Mateus 26:8-9 nos diz: "Os discípulos, ao verem isso, ficaram indignados e perguntaram: 'Por que este desperdício? Este perfume poderia ser vendido por alto preço e o dinheiro dado aos pobres'."

De certa forma, você quase pode ver a expressão deles. O perfume valia muito. Podemos pensar: isso é uma mordomia? Foi realmente uma boa ideia? Mas o evangelho de João nos dá um detalhe significativo que nos fornece uma visão importante sobre quem liderou essa pequena revolta:

"Mas um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, que mais tarde iria traí-lo, fez uma objeção: 'Por que este perfume não foi vendido e o dinheiro dado aos pobres? Seriam trezentos denários.' Ele não falou isso por se interessar pelos pobres, mas porque era ladrão; sendo responsável pela bolsa de dinheiro, costumava tirar o que nela era colocado" (João 12:4-6).

Judas estava no comando do dinheiro. Seu motivo não era uma preocupação para com os pobres; era uma preocupação por dinheiro saindo do bolso. Em João 17:12, Jesus se referiu a Judas como "aquele que estava destinado à perdição", que também pode ser traduzido como "o filho do desperdício." Então aqui vemos "o filho do desperdício" acusando Maria de desperdício.

Isso é típico de pessoas hipercríticas. Descobri que aqueles que são tão rápidos em encontrar falhas nos outros, muitas vezes desafiando seus motivos, geralmente são culpados de algo muito pior. Eles projetam seus pecados nas pessoas que acusam, quando, na realidade, são eles que têm o problema.

Também descobri que essas pessoas tendem a fazer muito pouco e que quem menos faz é o que mais reclama.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Tempo Para Adorar

"Parem de lutar! Saibam que eu sou Deus! Serei exaltado entre as nações, serei exaltado na terra" (Salmos 46:10)

Quero lhe pedir que faça um exercício mental, que talvez você considere bem difícil. Só por um instante, imagine alguém que você ama, alguém com quem você se importa. Agora imagine que hoje seja o seu último dia com essa pessoa. O que você gostaria de lhe dizer? Como gostaria que fosse a sua última conversa? Sugiro que você lhe diga então, realmente isso AGORA. Não espere até que essa pessoa já tenha partido.

Foi isso o que Maria fez com Jesus. Foi por isso que ela derramou o bálsamo caro e perfumado em Sua cabeça. Lá com Lázaro, os apóstolos e Jesus, subitamente ela compreendeu que Jesus estava prestes a morrer. O que ela Lhe poderia dizer? O que poderia fazer por Ele? Ela quis demonstrar o seu amor de modo palpável e agradecer-Lhe por tudo o que Ele havia feito.

Acho que todos devemos aprender com o exemplo de Maria e assentar-nos aos pés de Jesus. Você pode estar pensando: "Isso tudo soa muito espiritual e imagino que você tenha tempo de sobra para isso, sendo pregador. Mas, eu tenho a minha vida. Sou atarefado. Tenho um monte de ocupações. Não tenho tempo de me assentar aos pés de Jesus. Será que Ele não pode me mandar um Zap quando quiser dar um recado?"

É possível assentar-se aos pés de Jesus. Como? Arranjando tempo. Esse era o segredo de Maria e pode ser o seu também. Às vezes, vai ser desconectando o computador ou desligando o celular. Mas o Senhor diz: "Parem de lutar! Saibam que eu sou Deus!" (Salmo 46:10).

Existe hora para trabalhar e existe hora para adorar a Deus. Maria entendia isso. Muito pode acontecer quando a gente se assenta aos pés de Jesus.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Um Presente Para Jesus

"Estando Jesus em Betânia, na casa de Simão, o leproso, aproximou-se dele uma mulher com um frasco de alabastro contendo um perfume muito caro. Ela o derramou sobre a cabeça de Jesus quando ele se encontrava reclinado à mesa" (Mateus 26:6-7)

As coisas estavam claramente culminando no ministério de Jesus. Vários confrontos com os líderes religiosos vinham acontecendo e era evidente que eles queriam Jesus morto. Mas, Jerusalém estava fervilhando de visitantes para a Páscoa e eles não podiam causar mais tumulto.

Enquanto isso, Jesus decidiu passar algum tempo com os amigos na casa de um homem conhecido como Simão, o qual Jesus havia curado de lepra. Havia muito o que conversar. Jesus havia acabado de proferir o que conhecemos como o Sermão Profético (ver Mateus 24), essencialmente uma visão geral dos eventos dos fins dos tempos. Lázaro, o recém-ressuscitado, estava lá, junto com sua irmã Maria.

No meio de toda a animada discussão, Maria viu algo que ninguém mais viu. Ocorreu-lhe que Jesus estava prestes a morrer. Então ela pegou um frasco de perfume e o derramou na cabeça de Jesus. Esse perfume valia muito dinheiro e talvez fosse uma herança de família. Mas, Maria não se importava com isso. Ela queria mostrar o seu amor e devoção a Jesus e isso causou uma impressão significativa no Senhor.

Jesus disse: "Eu asseguro que em qualquer lugar do mundo inteiro onde este evangelho for anunciado, também o que ela fez será contado, em sua memória" (Mateus 26:13).

Maria fez um grande sermão? Não. Ela fez uma incrível oração de fé? Não. Maria simplesmente deu a coisa mais preciosa que possuía para Jesus. O valor estava no custo que aquilo tinha para ela.

Nada é desperdiçado quando é feito para a glória de Deus. E quanto mais soubermos o que Deus fez por nós, mais vamos querer fazer por Ele.