sexta-feira, 15 de novembro de 2019

O Monstro de Olhos Verdes

"Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho. O Senhor aceitou com agrado Abel e sua oferta, mas não aceitou Caim e sua oferta. Por isso Caim se enfureceu e o seu rosto se transtornou." (Gênesis 4:4-5)

Se quiser ser extremamente infeliz, seja uma pessoa invejosa. Não é necessariamente uma coisa ruim admirar algo que outra pessoa possui. Quando dizemos: "Eu invejo você. Você está saindo de férias", não estamos obrigatoriamente usando a inveja no pior sentido da palavra.

Invejar é ficar bravo quando alguém tem algo que você não tem. Uma definição literal da palavra inveja é "um sentimento maligno ou hostil." Portanto, não é uma questão de dizer: "Você tem muito. Uau, isso é ótimo! Queria ter isso!"

Em vez disso, é uma atitude que diz: Estou realmente zangado com você por você ter essas coisas e eu não.

A inveja tem sido descrita como o pecado da cidade pequena; ela se reproduz na proximidade. Não tendemos a invejar alguém famoso e bem-sucedido. Em vez disso, invejamos nossos vizinhos, um parente ou colegas de trabalho. Estamos bem desde que todos sejamos iguais, desde que todos estejam na mesma situação. Mas se alguém começa a ter sucesso, se obtém uma oportunidade que pensamos que nós é que a deveríamos ter, se tem algo maravilhoso acontecendo, ficamos com inveja.

Não sabemos exatamente o que causou Caim assassinar seu irmão Abel, mas acho seguro dizer que a inveja e o ciúme desempenharam um papel. O sacrifício de Abel foi aceito, e o de Caim não. A inveja descontrolada pode se tornar um grande problema, e a inveja de Caim levou ao assassinato. Caim não foi dominado por Deus, então acabou escravizado pelo diabo.

Shakespeare chamou a inveja de Monstro de Olhos Verdes. E é um monstro de olhos verdes que pode estrangulá-lo. Seja uma pessoa invejosa e você dará uma posição ao Diabo, assim como Caim - e você terá que enfrentar as consequências.

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Afaste-se

"Havia muita gente indo e vindo, a ponto de eles não terem tempo para comer. Jesus lhes disse: 'Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco'" (Marcos 6:31)


O Shabbat não é um dia legalista que nós, como crentes, devemos observar, mas é uma ótima ideia tirar um tempo e focar no Senhor. Para muitos de nós, esse dia é o domingo. Adoro ver o domingo como um dia separado para o Senhor, assim como na igreja primitiva.

Devemos ter como primeira prioridade adorar a Deus com o Seu povo. Talvez façamos algumas coisas divertidas depois, mas não devemos deixar que nada nos impeça de nos reunirmos, adorarmos e colocarmos o Senhor em primeiro lugar. Creio que Deus honrará isso em nossas vidas se o fizermos.

Até Jesus tirou uma folga. Em Marcos 6:30-32, lemos:
"Os apóstolos reuniram-se a Jesus e lhe relataram tudo o que tinham feito e ensinado. Havia muita gente indo e vindo, a ponto de eles não terem tempo para comer. Jesus lhes disse: 'Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco.' Assim, eles se afastaram num barco para um lugar deserto." 

Eu amo isso. "Senhor, aconteceu isso, aconteceu aquilo."

"Vocês já almoçaram?"

"Estamos muito ocupados para comer."

"Vamos lá. Vamos almoçar. Relaxem um pouco. Vocês precisam descansar. Vocês precisam recarregar. Venham comigo."

Se não nos afastarmos da correria, vamos nos separar de Deus. Durante as próximas 24 horas, seu coração baterá 103.000 vezes e seu sangue viajará 270 milhões de quilômetros. Você respirará 23.000 vezes e inalará 13 metros cúbicos de ar. Você moverá 750 músculos e exercitará 7 milhões de células cerebrais. Não é de admirar que todos nos sintamos cansados. Estamos constantemente nos movendo.

O princípio do Shabbat é tirar uma folga, recarregar e focar nas coisas de Deus.

Link para o texto original

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

O Que é Cobiçar?

"Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seus servos ou servas, nem seu boi ou jumento, nem coisa alguma que lhe pertença". (Êxodo 20:17)

"Não cobiçarás" é provavelmente um dos mais incompreendidos dos Dez Mandamentos. A cobiça não é simplesmente desejar algo, tampouco apenas admirar algo que não temos. Cobiçar é ser devorado pelo desejo de algo. E muitas vezes, de algo que não é seu.

A palavra cobiçar também pode ser traduzida como "ofegar por." Pense em um lobo, com desejo de sangue, que está lá fora perseguindo a sua presa, ofegante. Ele não descansará até que pegue a sua presa, mate-a e coma.

É isso que é cobiça. Como funciona? Você se torna obcecado por alguma coisa. Primeiro, os olhos olham para o objeto, a mente o admira e a vontade se volta para ele. Por fim, o corpo se move para possuí-lo. Uma coisa leva a outra.

Judas Iscariotes efetivamente jogou a sua vida fora por trinta moedas de prata quando traiu o Senhor. Somos informados em 1 Timóteo 6:10: "pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos." Esse versículo é frequentemente citado como "O dinheiro é a raiz de todo mal," mas a Bíblia não diz isso. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Isso não significa que é ruim querer dinheiro, mas torna-se um problema quando cobiçamos ou ofegamos por ele.

Algumas pessoas cobiçam ao longo de toda a vida. Elas ficam obcecadas por certas coisas e fazem qualquer sacrifício para conseguir o que querem. Pode ser uma pessoa. Pode ser um objeto. Pode ser uma posição. Seja o que for, elas estão determinadas a obtê-lo. E isso pode destruí-las.

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Restauração e Não Condenação

"Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado." (Gálatas 6:1)

Da maneira como algumas pessoas se comportam, você pensaria que a Bíblia diz: "Se outro crente for vencido por algum pecado, você que é piedoso deve primeiro se alegrar e certificar-se de que o condena por isso. Então, espalhe a notícia por aí para tantas pessoas quanto possível."

É claro que a Bíblia não diz isso. Aqui está o que ela diz: "Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais deverão restaurá-lo com mansidão. Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado" (Gálatas 6:1).

A ideia é levantar aqueles que são vencidos pelo pecado, e não condenar. A ideia é restaurá-los, e não destruí-los. Observe que este versículo diz: "Vocês que são espirituais". Um homem ou mulher verdadeiramente espiritual procurará restaurar essas pessoas. 

Tiago 5:19-20 nos diz:  "Meus irmãos, se algum de vocês se desviar da verdade e alguém o trouxer de volta, lembrem-se disso: Quem converte um pecador do erro do seu caminho, salvará a vida dessa pessoa e fará que muitíssimos pecados sejam perdoados."

Um dia, Deus o livre, pode ser você. Nunca devemos baixar a nossa guarda ou descansar espiritualmente sobre os louros. Não importa há quanto tempo você conheça o Senhor, não pense que está acima de poder cair, porque isso pode acontecer. Pode acontecer com qualquer crente. É por isso que buscamos sempre seguir em frente, caminhar com Deus e progredir espiritualmente. Nós nunca devemos tentar prosseguir em em ponto morto.

E se você conhece alguém que caiu em pecado, o seu objetivo deve ser restaurá-lo e não destruí-lo. O seu objetivo deve ser ajudá-lo, porque da próxima vez poderá ser você.

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Porque Assim Ele o Disse

"Eu, eu mesmo, sou o Senhor, e além de mim não há salvador algum." (Isaías 43:11)

Enquanto as crianças estão crescendo, elas ouvem coisas que não gostam de seus pais. A mãe ou o pai diz, por exemplo: "você acha que dinheiro dá em árvore?" ou "você não sabe os sacrifícios que eu tinha que fazer quando tinha a sua idade!" E a minha favorita: "porque eu disse que sim!"

As crianças de hoje podem jurar nunca usar essas mesmas frases para com seus filhos. Mas quando eles forem adultos e seus filhos os estiverem pressionando, eles vão acabar deixando escapar a famosa frase: "porque eu disse que sim!" (e vão pensar: não posso acreditar que eu disse isso!)

Às vezes, podemos olhar para as leis, os padrões e as verdades absolutas de Deus e dizer: "Eu luto com isso. Não entendo aquilo. Como posso saber que é verdade?"

Enquanto isso, Deus está dizendo para nós: "porque eu disse! Realmente, você sabe que é verdade porque eu disse que é.

Deus é a fonte da verdade. Deus é verdade. Então, se Ele diz que é verdade, é verdade. Você pode ou não concordar com esse fato. Você pode não compreendê-lo completamente. Mas isso não muda o que é.

Já vi muitos dramas chegando ao fim em muitas vidas. Vi o que acontece com homens e mulheres que se casam, se esforçam para ter um casamento sólido, permanecem casados e criam seus filhos no caminho do Senhor. Claro que toda família tem seus desafios. E toda família tem suas tragédias. Mas eu vi a longo prazo o que acontece quando passamos essas verdades bíblicas de geração a geração.

Também vi o que acontece quando casais se divorciam, casam-se novamente e voltam a se divorciar. Vi como os problemas passam de geração a geração.

Então, vamos crer na Palavra de Deus e obedecer o que nela está contido.

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Tudo Começa Com a Família

"Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá." (Êxodo 20:12)

Poucas coisas na vida podem nos trazer tanto prazer ou dor quanto as nossas famílias. Quando as coisas funcionam com a família, é ótimo. Quando as coisas não vão bem, é muito ruim. Os pais têm tensões com os filhos. As crianças têm tensões com os pais. Os maridos com as esposas. Esposas com os maridos. E depois, há ainda os sogros, sogras, cunhados, etc. Famílias são complexas, mas Deus estabeleceu a família.

Nos dez mandamentos, antes que uma palavra seja dita sobre como devemos nos tratar, Deus começa com a família: "Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá" (Êxodo 20:12).

Em Gênesis, temos Deus unindo Adão e Eva. Ele começou com a família. Ele criou a família. E Ele - e somente Ele - define a família. Deus ama a família.

Existe apenas uma ilustração que Deus faz para o mundo, para mostrar o Seu amor pela igreja e o amor da igreja por Ele: trata-se do casamento. Ele diz: "Maridos, amem suas mulheres, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela" (Efésios 5:25), e "Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor" (versículo 22).

Em outras palavras, Deus está dizendo: "Olhem para este casal cristão bem aqui. Estão vendo como o marido ama a sua esposa? É assim que eu amo esta igreja, Meu povo. Veem como essa esposa ama o seu marido? É assim que a Minha a igreja me ama."

Por isso, quando uma família cristã começa a se desfazer, quando o povo cristão se divorcia, isso é devastador de várias maneiras, tanto para a família quanto para o testemunho de crentes em uma determinada comunidade.

Há um ditado que diz que uma família pode sobreviver sem uma nação, mas uma nação não pode sobreviver sem a família.

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Pronto Para Atacar

"Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar." (1 Pedro 5:8)

Alguns anos atrás, li um livro interessante chamado: Morte na Grande Savana. Seu autor, um grande caçador, narrava histórias não apenas de leões caçadores, mas de leões caçadores de gente.

Havia um certo grupo de leões que gostava de sangue humano e que entrava nos acampamentos à noite, pisava entre as pessoas sem sequer acordá-las e encontrava a presa pretendida. Nunca foi determinado por que os leões escolhiam quem eles escolhiam. Mas eles pegavam as suas vítimas, matavam-nas imediatamente e as arrastavam para longe sem acordar uma única pessoa. O autor escreveu sobre um grande felino em particular, que matou mais de cem pessoas. O livro também mencionava que um leão em ataque, pode cobrir quase cem metros em apenas três segundos.

Os leões são criaturas poderosas e muito assustadoras. E eles têm a capacidade de levá-lo rapidamente, se quiserem.

A Bíblia compara o diabo a um leão. Em 1 Pedro 5:8 está escrito: "Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar."

E em Gênesis 4:7, Deus deu esse aviso a Caim: "Mas se você se recusar a fazer o que é certo, cuidado! O pecado está agachado na porta, ansioso para controlá-lo. Mas você deve subjugá-lo e ser seu mestre." Deus estava dizendo: "Escute, você está flertando com um desastre. É melhor você pisar no freio, porque o pecado é como um animal selvagem e está pronto para atacar." O diabo está sempre procurando problemas, andando de um lado para o outro como um leão em sua jaula.

O pecado estava agachado na porta de Caim e está agachado na nossa porta também. Para alguns, já está além do limite. Portanto, devemos ter cuidado.