terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Orar Pelos Inimigos

"Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem" (Mateus 5:44)

A primeira declaração que Jesus fez na cruz foi: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão fazendo" (Lucas 23:34). Talvez teríamos entendido melhor se Ele tivesse dito: "Pai, condena-lhes", ou "Pai, julga-lhes". Mas a primeira coisa que Jesus disse na cruz foi uma oração pelos Seus inimigos: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão fazendo".

Jesus estava praticando o que Ele pregava. Lembre-se: no Sermão do Monte, Ele disse: "Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem " (Mateus 5:44).

E Jesus também estava cumprindo uma profecia messiânica. Isaías 53, escrito centenas de anos antes de Cristo morrer, disse que o Messias faria intercessão pelos transgressores. E é exatamente isso o que Jesus estava fazendo. Ele estava intercedendo por todas as pessoas que desempenharam um papel na Sua morte.

O próprio Pilatos sabia que Jesus era inocente. Ele disse: "Não encontro motivo para acusar este homem" (Lucas 23:4). Mas por estar tão preocupado com sua carreira e posição, ele não perdoaria Jesus e o deixaria ir. Os governantes religiosos sabiam que nenhuma acusação legítima poderia ser feita contra Cristo. Mesmo o centurião romano na frente da cruz disse: "Realmente este homem era o Filho de Deus!" (Marcos 15:39). Judas Iscariotes sabia que tinha feito algo errado, dizendo: "Pequei, pois traí sangue inocente" (Mateus 27:4).

Então, Jesus estava essencialmente dizendo: "Pai, perdoa-lhes, eles não percebem como isso é mau. Perdoa-lhes, porque eles precisam tanto de perdão. Perdoa-lhes, pois eles cometem um pecado que está além de toda compreensão. Perdoa-lhes porque fizeram algo que está além de toda a maldade. Pai, perdoa-lhes."

Quando foi a última vez que você orou por seus inimigos?

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

O Melhor Ainda Está Por Vir

"Contudo, muitos primeiros serão últimos, e muitos últimos serão primeiros". (Mateus 19:30)

Talvez às vezes você se sinta como Pedro. Falando em nome dos discípulos, ele disse a Jesus: "Nós deixamos tudo para seguir-te! Que será de nós?" (Mateus 19:27).

Jesus respondeu: "E todos os que tiverem deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou campos, por minha causa, receberão cem vezes mais e herdarão a vida eterna. Contudo, muitos primeiros serão últimos, e muitos últimos serão primeiros." (Mateus 19:29-30)

Você poderia dizer: "Bom, Greg, eu deixei algumas coisas para seguir Jesus. Então cadê o retorno significativo?"
Isso vem depois.

Eis o que você tem de levar em conta: o que quer que você tenha deixado, Deus não lhe compensou? Você deixou alguns amigos. Ele não lhe deu outros melhores no lugar daqueles? Você deixou uns supostos prazeres, mas olhando para trás você percebe que não eram prazeres, mas sim vícios — e destrutivos, ainda por cima. Você viu como sua vida mudou, e Deus já o compensou?

Ainda assim, o melhor está por vir, pois quando formos para o céu, teremos recompensas esperando por nós. O céu vem para a Terra, e teremos o reino milenar de Cristo. E por fim teremos o governo e reinado de Cristo na Terra no novo reino e seremos parte disso. Governaremos e reinaremos com Ele. E aquela declaração de nosso Senhor em resposta a Pedro assim se realizará.

Então, o que quer que você tenha deixado, ou esteja deixando, será mais do que recompensado por isso.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Mais Importante Que Deus?

"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele." (1 João 2:15)

Se você alguma vez plantou uma semente e viu ervas daninhas crescerem ao redor dela, você sabe que elas não surgem do nada para começarem a destruir tudo de forma repentina. É um processo gradual - tão gradual que não tem como perceber, se você tentar assistir. Mas se você colocar uma câmera perto e fizer um vídeo em  aceleração, vai perceber a erva daninha em ação, acabando com as outras plantas lentamente.

Jesus contou uma parábola sobre a semente que cai em diferentes tipos de solo. A semente que caiu no solo e que foi envolvida com ervas daninhas foi eliminada logo quando começou a crescer. Jesus explicou: "Quanto ao que foi semeado entre os espinhos, este é aquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera." (Mateus 13:22)

Há pessoas que rejeitam a Cristo sem uma razão prática, somente por desculpas. Para alguns, pode ser algo negativo às suas carreiras. Eles simplesmente têm um caminho que precisam trilhar. Eles têm responsabilidades. Têm coisas a fazer. E, às vezes, essas coisas podem ser mais importantes para eles do que Deus.

Outros vão escolher pessoas ao invés de Jesus. A opinião dos outros sobre nós não deixa de ser importante depois da adolescência; ainda nos importamos com o que pensam sobre nós. Ainda queremos que as pessoas gostem de nós. Queremos ser aprovados pelos outros. E, às vezes, nós nos comprometemos com coisas absurdas só por causa do que os outros pensam de nós. Pedro negou a Jesus pelo que um completo estranho iria pensar dele.

Mas se você deixar de andar com alguns amigos ou esquecer alguns prazeres ou coisas por Cristo, saiba disso: Deus irá mais do que te recompensar por isso.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

A "Hora Certa" é Agora

"Pois ele diz: 'Eu o ouvi no tempo favorável e o socorri no dia da salvação'. Digo-lhes que agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação!" (2 Coríntios 6:2)

Embora criada num lar cristão, minha mãe se rebelou contra Deus durante a maior parte de sua vida. E sempre que entrávamos em qualquer discussão séria sobre a vida, ou o seu significado, ou a vida após a morte, ou Deus, ela sempre dizia: "Não quero falar sobre isso".

Um dia, ela estava muito doente e eu me senti especialmente movido a ir e ter uma conversa com ela. Então fui vê-la e disse: "Quero falar com você sobre a sua alma e quero falar com você sobre o significado da vida e o que acontece depois que morremos."

E ela respondeu: "Não quero falar sobre isso."

"Hoje vamos falar sobre isso", eu disse. E nós conversamos. O resultado daquela conversa foi que ela fez um novo compromisso com o Senhor. Ela morreu um mês depois. Fiquei tão feliz por termos tido aquela conversa, embora não tenha sido nada fácil.

Alguns anos se passaram e eu recebi a notícia de que seu marido Bill estava muito doente, e me pediram para ir vê-lo. Eu estava me preparando para ir para um noivado, então planejei visitá-lo no dia seguinte. Mas, novamente, eu me senti movido pelo Senhor a ir vê-lo imediatamente. Tivemos uma conversa franca e, mais uma vez,  apresentei o evangelho. Bill disse que queria colocar a sua fé em Cristo, então oramos juntos enquanto ele entregava a sua vida a Ele. Peguei o meu avião e, quando desembarquei, recebi uma mensagem de que Bill havia falecido.

Sei que é estranho e difícil abordar esses assuntos com os não cristãos - especialmente se membros da sua família. Mas você tem que fazer o que é certo. E você ficará feliz por tê-lo feito.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

O Que Mais Me Surpreende

"Este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram as trevas, e não a luz, porque as suas obras eram más." (João 3:19)

Surpreendo-me de como as pessoas rejeitam Jesus Cristo, sem ao menos investir algum tempo para considerar o que Ele falou.
Fale com alguém sobre a fé Cristã e por vezes dirão:
- "Não faço parte disso. Não acredito nisso."
- "Bem... você alguma vez já leu a Bíblia?"
- "Não."
- "Tenho uma Bíblia aqui, você gostaria de..."
- "Tire essa Bíblia daqui!"

Traga a tona o nome de Jesus ou o fato de você ser Cristão e a conversa será interrompida ou esfriará.

Há algum tempo eu estava visitando uma cidade, participando de algumas reuniões de preparação das Cruzadas (eventos que levam a mensagem do evangelho para um grande número de pessoas). A pessoa que anotou o meu pedido em um restaurante foi muito sociável e receptiva à conversa, então começamos a conversar e eu disse: "Ei, eu tava pensando se poderia colocar um desses cartazes aqui... Estamos organizando esse evento." Então eu lhe dei um cartaz da cruzada.

Ele leu e disse: "Espere... isso é uma banda de música cristã?"
Eu disse: “Sim, é uma banda de música. É um evento Cristão. Estamos aqui para falar sobre Jesus Cristo e como ter uma relação com Ele.”

O sujeito ficou desarticulado. Só escutei o que ele disse. Não interrompi. Somente deixei ele falar por um tempo, enquanto ele explicava porque não acreditava no evangelho, na Bíblia, e aí por diante. Então perguntei no que ele acreditava e conversamos mais um pouco.

E eis o que descobri. Cristãos são acusados de serem intolerantes, mas acho que isso não é verdade. Pelo contrário, descobri que as pessoas mais intolerantes são aquelas que mais se dizem tolerantes.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

O Caminho de Volta

"Voltem, filhos rebeldes! Eu os curarei da sua rebeldia. 'Sim! Nós viremos a ti, pois tu és o Senhor, o nosso Deus.'" (Jeremias 3:22)

Acho interessante que, quando Pedro encontrou a Cristo ressuscitado, Jesus lhe fez a mesma pergunta três vezes. Quantas vezes Pedro negou o Senhor? Três. E três vezes Jesus lhe perguntou: "Simão, filho de João, você me ama [...]?" (João 21:15-17). 

O velho Pedro teria dito: "Eu te amo, ninguém te ama como eu, Jesus". 

Mas o novo, melhorado e arrependido Pedro disse: "Sim, Senhor, tu sabes que te amo" (versículos 15-17).

Jesus usou a palavra grega agape para o amor nas primeiras duas vezes, enquanto que Pedro usou uma palavra diferente, phileo. Agape traz o significado de amor intenso, completo, devotado, sacrificial, enquanto phileo se refere ao amor como uma amizade. Então Pedro estava essencialmente dizendo: "Bem, Senhor, tudo o que posso me comprometer agora é que eu gosto de você como um amigo". 

Eu não criticaria Pedro por isso. Foi uma avaliação honesta de como ele estava se sentindo. Nunca se vanglorie do quanto você ama Jesus; vanglorie-se de quanto Jesus o ama. Nosso amor é inconstante. Varia entre quente e frio, mas o amor de Deus por nós nunca muda. É o mesmo sempre.  É por isso que João, o apóstolo, se refere a si mesmo como "o discípulo a quem Jesus amava." Isso não era arrogância. João estava dizendo que sabia que Jesus o amava. E você precisa saber que Jesus o ama, mesmo se estiver distante dele.

Talvez você tenha estragado tudo. Talvez você esteja em um estado de rebeldia. O caminho para acertar com Deus é retornar a Ele. Ele diz em Jeremias 3:22: "Voltem, filhos rebeldes! Eu os curarei da sua rebeldia." Então lembre onde você estava. Retorne e arrependa-se de seu pecado. E então comece a viver como Deus quer que você viva. 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Cristãos Disfarçados

"Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus." (Tiago 4:4)

Você já tentou ser um cristão disfarçado? Foi o que aconteceu com Pedro. Ele estava tentando se misturar à multidão. Estava seguindo Jesus à distância e ficando frio, então se sentiu atraído pelo calor do fogo inimigo.

Nesse ponto, Pedro estava desgastado, derrotado, fraco e vulnerável. E por que ele estava no pátio do sumo sacerdote? De acordo com Mateus 26:58, "[...] entrou e sentou-se com os guardas, para ver o que aconteceria." Pedro tinha esquecido tudo o que Jesus havia dito sobre a Sua ressurreição dentre os mortos. Agora ele estava apenas aguardando o fim - o fim da vida de Jesus... O fim de seu sonho... O fim de tudo o que ele queria. Mas não seria o fim. Seria um recomeço.

Sabe qual era o problema de Pedro? Ele estava no lugar errado, com as pessoas erradas, prestes a fazer a coisa errada. E quando essa paixão em nosso coração começa a morrer, o fogo que tínhamos por Cristo fica frio e procuramos outro lugar para nos aquecer.

A Bíblia nos diz: "Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite. É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera!" (Salmos 1:1-3)

Quando você sair com pessoas erradas, no lugar errado, na hora errada, será apenas uma questão de tempo até que você faça a coisa errada.